Como memorizar palavras em inglês

>

30 de dezembro, 2020

Memorizar as palavras em inglês é um dos processos mais importantes para que o aprendizado da língua se concretize. Afinal, não adianta dominar a gramática e ser expert nas pronúncias se tiver apenas decorado o sentido dos termos. E, foi pensando nisso que a Red Balloon preparou um manual completo com as melhores estratégias e dicas para se guardar as palavras em inglês e seus significados na cabeça, o que auxiliará o seu filho a ser um fluente no idioma muito mais rápido.

Antes de mais nada, vale frisar que para os estudantes de inglês não é nenhuma novidade que quanto mais cedo ingressar em um curso de idiomas, mais fácil será desvendar todos os enigmas da segunda língua. Também já é do conhecimento da maioria das pessoas que fazer a tradução direta das palavras em inglês não é a melhor técnica para se adquirir vocabulário. 

Então, como de fato devem funcionar as estratégias de memorização? Nós lhe explicamos! Continue a leitura para conferir a resposta para essa pergunta e descobrir quais são os melhores truques para sua idade.

Como funcionam as estratégias de memorização das palavras em inglês?

As estratégias de memorização de palavras em inglês são métodos pedagógicos ou não criados para driblar a curva do esquecimento e fazer com que novos vocabulários aprendidos sejam fixados a longo prazo — seja através de técnicas educacionais ou atividades do dia a dia.

E, os recursos multimídias que treinam fala, escrita, leitura e escuta — e que já são muito populares nos planos pedagógicos — podem ser os principais auxiliares do aprendizado das palavras em inglês também fora da sala de aula, uma vez que o estudante precisa manter o contato com a língua em diferentes situações da sua rotina.

Dessa forma, as estratégias de memorização dependem fortemente das revisões de conteúdos feitas periodicamente e da utilização daqueles termos em contextos reais. Logo, introduzir o idioma americano em pequenas tarefas pode ser tão importante quanto prestar atenção nas aulas — e, uma etapa ainda mais fundamental para se memorizar as novas palavras em inglês.

Como memorizar palavras em inglês no dia a dia?

Para quem não convive com falantes do idioma no seu dia a dia, pode ser um pouco mais desafiador adotar as estratégias de memorização de forma prática. No entanto, você pode sim introduzir as palavras em inglês na sua rotina — mesmo que sem interagir com diretamente com outras pessoas — e dar aquele up no seu vocabulário.

E, como aprender uma segunda língua é um exercício diário e que precisa de ao menos cinco minutos de dedicação todos os dias, separamos um pequeno ritual que você pode fazer ao longo das 24 horas. E o melhor: sem perder tempo, sem depender da participação de outras pessoas e com um ótimo resultado no final da prática. Veja só como funciona:

Escolha a palavra do dia

Os aprendizes do idioma sempre têm em mente aquelas palavras em inglês que nunca conseguem lembrar o significado imediatamente. Então, a dica é escolher uma delas por dia para memorizar de uma vez por todas.

Aqui, o exercício que ao longo das 24 horas você encontre essa palavra, entenda na prática como ela deve ser usada e aprenda de forma natural e definitiva qual o seu significado. Se precisar treinar o vocabulário do seu filho, eleja o termo junto do pequeno e inclua-o nas atividades, brincadeiras, conversas, refeições e musiquinhas, assim com certeza ele nunca mais esquecerá.

Consuma conteúdos em inglês

Como você já deve ter percebido, a primeira etapa para a memorização das palavras em inglês é estar exposto a elas. Logo, se não há ninguém falando o idioma perto de você, a alternativa ideal é recorrer aos conteúdos de entretenimento, por exemplo. Ouça músicas e podcasts, assista filmes, leia livros e em cada um desses materiais identifique como a sua palavra do dia é empregada, preste atenção na pronúncia, na escrita e, especialmente, no contexto.

Forme frases com a palavra

Segundo a pirâmide de aprendizagem de William Glasser, fixamos cerca de 80% de um conteúdo quando o fazemos. Ou seja, ficar apenas lendo e ouvindo a palavra em inglês não basta para memorizá-la, é preciso usar. Para isso, forme frases que seriam ditas por você em um dia comum e pronuncie em voz alta.

Treine sempre que possível

Não restrinja seu aprendizado apenas a momentos específicos. Ter um tempo exclusivo para estudar é fundamental, mas treinar enquanto executa outras tarefas é a chave para memorizar as palavras em inglês com mais facilidade e agilidade. Portanto, sempre que possível pratique as dicas anteriores e procure outros falantes do idioma para treinar o speak.

10 melhores técnicas para memorizar palavras em inglês

Usar post its é uma boa técnica para a memorizar palavras em inglês, assim relembrando ao longo do dia o vocabulário e as expressões estrangeiras.

Aprender um idioma de forma leve e natural é muito interessante, mas durante algumas fases — como o período de transição entre o nível intermediário e avançado, ou na preparação para um teste de fluência, por exemplo — impulsionar os métodos de aprendizagem é essencial. Por isso, se o que você precisa mesmo são estratégias intensivas de memorização, trouxemos dez técnicas imperdíveis para decorar diversas palavras em inglês e fazer valer suas horas de estudo. São elas:

1. Use dicionário em inglês

Em vez de usar dicionário em inglês-português, use dicionário apenas em inglês quando quiser descobrir o significado de alguma palavra. Assim, é possível começar a dissociar as expressões em inglês da tradução em português e fixar com mais exatidão o significado e contexto das palavras. Ah, e evite usar os tradutores virtuais também.

2. Adote os flashcards

Os flashcards são cartões com informações sobre as palavras em inglês. O seu card pode conter o termo escrito de um lado e do outro a grafia da pronúncia correta, o significado — escrito em inglês, sempre — e uma aplicação em uma frase. Se preferir, existem aplicativos para criação de flashcards disponíveis para smartphones.

3. Escreva as palavras em inglês no papel

Ainda que os apps e ferramentas digitais sejam excelentes recursos para os estudantes de uma nova língua, escrever diretamente no papel intensifica ainda mais a memorização das palavras em inglês — já que exige um maior esforço da mente enquanto desenha cada letra com a caneta ou lápis. Para isso, pegue um caderninho para escrever o vocábulo repetidas vezes, formar sentenças e anotar observações importantes sobre o conteúdo.

4. Não dispense a releitura

Escrever e não reler é jogar seu tempo fora. Em vista disso, leia suas anotações, cheque sempre o conteúdo dos flashcards e releia tudo o que você já aprendeu sobre aquele termo. Afinal, tanto as palavras em inglês, quanto em português ou qualquer outro idioma tendem a grudar na nossa mente quando as ouvimos com frequência, não é mesmo?

5. Anote em posts its

E para que o seu contato com o idioma fique ainda mais forte, anote as novas palavras em inglês que estão no seu vocabulário em post its e espalhe-os pela casa ou pelo seu escritório. Dessa forma você estará sempre relendo aquela expressão e memorizando sua pronúncia e significado — e não há problema nenhum caso o termo fique ecoando dentro dos seus pensamentos durante alguns dias.

6. Pratique a repetição espaçada

A repetição espaçada consiste em aprender uma nova palavra em inglês e revê-la cerca de duas horas depois. Assim, antes de dormir tente se lembrar da palavra e do seu sentido, e faça a mesma coisa no dia seguinte ao acordar. Feito isso, recorde-se novamente do termo após três dias e vá aumentando o período entre uma repetição e outra — pois desse modo você poderá fixá-la na sua memória permanentemente.

7. Faça seu próprio glossário

Selecione as palavras em inglês que do seu ponto de vista são as mais difíceis de memorizar e faça um glossário. Esse pode ser escrito em papel ou em um bloco de notas virtual, desde que você possa revê-lo com facilidade a qualquer momento do dia. Ah, e utilize esse glossário sempre que bater a dúvida sobre o uso de alguma expressão e aproveite para praticar a formação de novas sentenças, combinado?

8. Baixe games em inglês

Os games para aprender inglês são ótimas opções para tornar suas horas de estudo menos cansativas, mas igualmente produtivas. Jogos no estilo “Four Words, One Picture” ajudam a entender os diferentes contextos em que as palavras em inglês podem ser usadas de maneira fluida e sem precisar de recursos extras, como tradução ou explicação gramatical.

9. Revise tudo o que aprendeu

Deu para notar ao longo das dicas que durante a memorização e expansão do vocabulário você estará criando seu próprio material de estudo, como os flashcards, o glossário, os posts its, etc. E, esse material não deve ficar parado, ok? Utilize-o para revisar tudo o que você tem aprendido e identificar quais palavras ainda não conseguiu fixar — e comece a dar uma atenção especial a elas.

10. Faça simulados periodicamente

Outra forma de testar se a fixação de palavras em inglês está funcionando é realizar simulados periodicamente. A maioria das escolas de idiomas costumam aplicar esse tipo de exercício sempre antes de exames importantes, o que comprova a importância do simulado e a eficácia das estratégias de memorização.

3 grupos de palavras em inglês para não esquecer

Os estudantes de inglês já sabem que quanto mais palavras aprendem, mais existem para aprender. No entanto, e por mais que seu vocabulário seja extenso, algumas delas não podem ser esquecidas jamais por quem pretende ser um falante do idioma e quer se comunicar com fluência durante os diálogos verbais. 

Separamos então três grupos de palavras em inglês para você incluir nas suas estratégias de memorização e não correr mais o risco de formar sentenças sem sentido e nem conjugar os verbos errados dentro de uma frase. Confira:

Pronomes

A classe dos pronomes é bem pequena, mas indispensável para nos dirigirmos às outras pessoas ou falarmos sobre elas — além de ser aplicada também para objetos e animais, podendo substituir qualquer substantivo. Então, procure sabê-los de cor por completo e aprenda qual pronome utilizar em cada situação.

Verbos auxiliares

Algumas palavras em inglês podem exigir o acompanhamento de verbos auxiliares para indicar o tempo gramatical do discurso. Dito isso, os famosos be, will, do e have são responsáveis por essa missão. Normalmente os verbos auxiliares são abordados nos primeiros módulos do curso, mas continuar descobrindo suas funções faz total diferença no domínio do idioma.

Verbos de ligação

Verbos de ligação também servem para dar sentido às frases por isso devem estar sempre na ponta da língua se você quiser usar as palavras em inglês com coerência. Alguns exemplos de verbos de ligação são: become (tornar), look (parecer), remain (permanecer) e get (pegar). Alguns desses podem ser ainda verbos de ação, e portanto memorizar o sentido de cada um deles é muito importante para saber quando se encaixam na ligação de sentenças.

Como você descobriu neste guia, o processo de memorização de palavras em inglês é constante e deve continuar mesmo após alcançar o domínio no idioma. Por isso, guarde as dicas acima para colocá-las em prática sempre que descobrir uma nova expressão ou precisar revisar algum item do seu vocabulário e foque-se em manter o seu dialeto sempre atualizado.
E, não esqueça que a Red Balloon é a instituição nº 1 no ensino de inglês para crianças e adolescentes, e referência em aprovação nos principais exames de proficiência do mundo. Então, aproveite a oportunidade e agende agora mesmo uma visita a unidade mais próxima e garanta o futuro do seu filho com uma escola de idiomas de qualidade.

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

2 comentários

  • Jonathan Silva De Lemos

    16.05.2021

    Muito bom interessante

  • Claudinea De Fatima Amaral@hotmail

    22.05.2021

    Amei estas dicas.. vou levar para a vida..

  • Siga nosso instagram!