Tradição Halloween Red Balloon: saiba como as escolas celebraram a data

A tradição norte-americana é um sucesso entre os alunos da Red Balloon e é comemorada em todas as unidades

Todos os anos, a Red Balloon se prepara para a celebração de uma data especial: o Halloween. No mês de outubro, o ambiente das escolas é totalmente decorado com imagens e objetos que remetem à ocasião, como abóboras, bruxinhas, fantasmas e esqueletos de brinquedo.

Extremamente popular e aguardado pelas crianças, o evento é uma oportunidade de colocar em prática um dos lemas da marca: aprender brincando. Assim, os estudantes participam de atividades lúdicas, pensadas ao redor do Dia das Bruxas, e de uma festa de Halloween.

O surgimento do Halloween

Segundo historiadores, o Halloween se originou de um festival celta, o Samhain. No evento, o povo celebrava o início da primavera com grandes banquetes, organizados por todos da região, ao mesmo tempo que tinham a tarefa de se proteger dos mortos, que, segundo a crença, poderiam passear pelo mundo dos vivos naquela data.

Com a catequização da região celta a partir do século XIV, o festival praticamente desapareceu, sendo substituído por datas cristãs — o All Saints Day (Dia de Todos os Santos), comemorado em 1 de novembro, e o All Souls Day (Dia de Finados) no dia 2. Com o tempo, as Ilhas Britânicas definiram o dia 31 de outubro como All Hallow’s Eve (Véspera de Todos os Santos), dando origem ao Halloween, uma festa que homenageia os mortos com brincadeiras e fantasias.

O Halloween na Red Balloon

O tradicional “Trick or Treat” (em português, “doces ou travessuras”), que se resume em pedir doces de porta em porta, acontece na Red Balloon durante a semana do Halloween. Nesse período, os alunos também são encorajados a virem fantasiados e os professores e auxiliares estão disponíveis para fazer maquiagens e cicatrizes neles — o que é sempre um sucesso entre as turmas.

O fato de estarem fantasiados, por si só, proporciona um entretenimento para as crianças, que podem brincar de adivinhar qual a inspiração da fantasia do colega. Além disso, os estudantes estavam curiosos para saber como seria a dinâmica da festa neste ano, que aconteceu no final de outubro.

Depois de comer um lanche repleto de guloseimas, as crianças partiram para as atividades. A primeira, de artes, consistia em criar artesanalmente um pequeno boneco, feito de espuma. A segunda proposta foi mais elaborada: “A coordenação contou uma história de terror para os alunos, que precisaram encontrar uma pessoa que estava ‘presa’ em algum lugar da escola — tiveram várias pistas pela escola, distribuídas pela equipe. Durante essa dinâmica, as crianças também passaram pelo ‘corredor do terror’ e, já com a missão cumprida, se dirigiram para uma baladinha, onde finalizaram o dia dançando bastante e comendo”, explica Vanessa Mendes Rodrigues de Lima, Analista de CRM da Red Balloon.

Retomada presencial 

Em 2022, a animação para a festa de Halloween foi ainda maior, já que a grande reunião não aconteceu nos últimos dois anos, por causa das medidas restritivas do covid-19. “É uma das festas mais aguardadas por todos os estudantes, principalmente aqueles que já a conhecem. Então, principalmente depois da pandemia, a proposta foi realmente juntar todos os alunos e fazer uma festa para se divertirem”, comenta Vanessa.

Os valores trabalhados nas atividades do Halloween

Por serem atividades colaborativas, os alunos da Red Balloon se divertem sem competitividade no Halloween e desenvolvem a criatividade, habilidades artísticas e movimentos corporais. Em síntese, as crianças estão aprendendo conforme brincam — uma das premissas da empresa.

 

Entre em contato