St. Valentine ‘s Day: por que os Estados Unidos comemoram o Dia dos Namorados em fevereiro?

As comemorações norte-americanas da data também se estendem para crianças e amigos

 

O Dia dos Namorados tem como objetivo celebrar o amor romântico entre casais. Nessa época do ano, é comum ver floriculturas, lojas e restaurantes cheios. No Brasil, a data é comemorada em 12 de junho, véspera do Dia de Santo Antônio, conhecido por ser o “santo casamenteiro”. Já nos Estados Unidos e em diversos outros países, como Itália, Portugal e Japão, a celebração acontece alguns meses antes, no dia 14 de fevereiro.

 

A origem do Valentine´s Day

Em síntese, há dois eventos associados à origem do Dia dos Namorados. Primeiramente, o dia 14 de fevereiro é Dia de São Valentim (em inglês, Saint Valentine), conhecido por ter lutado contra a tentativa do imperador Cláudio II de proibir o casamento na Idade Média. O líder preferia soldados solteiros, alegando que eram melhores combatentes. Valentim, na época bispo, casou-se e continuou celebrando casamentos. Por esse motivo, foi preso – período em que recebeu, na sua cela, flores e cartões da população que também dizia acreditar no amor – e, depois, foi executado.

 

Além disso, acredita-se que o Dia dos Namorados também tem origem na Roma Antiga, no festival da Lupercália, que era realizado anualmente em 15 de fevereiro, homenageando Juno, deusa da mulher e do casamento, e Pan, deusa da natureza. De qualquer forma, foi só depois da Idade Média, quando o conceito de amor romântico ganhou força, que o Dia dos Namorados passou a ser comemorado.

 

Curiosidades sobre o Valentine´s Day nos Estados Unidos

1- Grande movimentação comercial

Há uma movimentação intensa nos Estados Unidos na época do Dia dos Namorados. Shoppings e áreas comerciais são decorados com corações, balões e outros enfeites, como cupidos, fitas e flores, principalmente nas cores rosa e vermelho. Ao fazer compras nos dias que antecedem o 14 de fevereiro, as pessoas encontram longas filas.

 

2- Presentes handmade

Tradicionalmente, o presente do Valentine’s Day deve estar relacionado ao casal, diferente do que aconteceria com um presente de aniversário, por exemplo. Por isso, para destacar o seu amor, muitas pessoas optam por algo feito à mão (handmade) com um significado especial.

 

3- Assinatura “Your Valentine” nos cartões

Além das floriculturas e lojas de pelúcias, outros comércios que faturam bastante são as lojas de cartão, que oferecem diversas opções para os clientes. Inclusive, por conta da data, muitas pessoas costumam assinar as cartas com “Your Valentine”, que passou a significar “Seu namorado/Sua namorada” ou “Seu amor”.

 

4- Comemorações nas escolas

No Ensino Fundamental dos Estados Unidos, as crianças têm o costume, incentivado pelos educadores, de trocar cartões e doces com os colegas de classe. Conforme ficam mais velhos, as tradições evoluem um pouco, com algumas alunas vestidas de cupido entregando bilhetes de um estudante para outro, por exemplo — semelhante ao “Correio Elegante” brasileiro, comum nas Festas Juninas.

 

5- Promoções especiais em restaurantes

Assim como no Brasil, fazer a reserva em um bom restaurante é uma tarefa disputada nos Estados Unidos. No entanto, lá, os restaurantes e redes de fast food costumam fazer promoções especiais e edições limitadas no cardápio, como Donuts em formato de coração ou copos temáticos.

 

6- Famílias e amigos comemoram

Apesar de ainda ter um foco romântico, o Valentine’s Day é tido nos Estados Unidos como uma oportunidade de celebrar o amor como um todo. Por isso, é comum ver pais entregando cartões aos filhos nessa data, ou amigos se reunindo e se presenteando. 


O que acha de garantir essa oportunidade para o seu filho? Acesse já o nosso site!

 

Entre em contato