RedTech: como funciona o programa da Red Balloon e o que ele ensina às crianças?

Nessa trilha de desenvolvimento, crianças de diferentes faixas etárias entram em contato com atividades de robótica

 

Na Red Balloon, existe uma preocupação em ensinar inglês de forma significativa e divertida para todos os alunos, fazendo adaptações de acordo com a turma e a faixa etária. Considerando que o mundo está evoluindo de maneira constante e rápida, a atenção quanto à metodologia utilizada é indispensável. Para conectar as crianças com o mundo real, um elemento importante não pode ficar de fora: a tecnologia.
 
Nesse contexto, o RedTech consiste em uma trilha de desenvolvimento voltada à, como o nome já diz, tecnologia. Os estudantes fazem atividades práticas de robótica e programação, todas em inglês, e praticam essas habilidades de maneira simultânea. A longo prazo, eles serão adultos mais capazes e preparados para o mundo contemporâneo.
 
O desenvolvimento de habilidades tecnológicas para diversas idades
Mariana Dams, editora da Red Balloon, apontou as atividades do RedTech realizadas por estudantes de diferentes faixas etárias:
 
–    dos 3 aos 4 anos:  os alunos são orientados pelos professores a trazer soluções criativas para os problemas apresentados, usando blocos de montar e um robô;


–   dos 5 aos 7 anos: começam a entender um pouco melhor como o uso da tecnologia pode beneficiar o ambiente em que estão inseridos, usando, além dos robôs e dos blocos de montar, uma régua tátil que os desafia ainda mais;


–     dos 8 aos 10 anos: as turmas começam a entrar mais em contato com programação, usando dois robôs e um tablet para solucionar os desafios propostos pelo professor;


–    entre 11 e 13 anos: os alunos são orientados na criação de aplicativos que visam facilitar a realidade de pessoas com deficiência, como um tradutor de imagens.
 
Por que é importante desenvolver habilidades voltadas à tecnologia?
“Na Red Balloon, acreditamos que o desenvolvimento dessas habilidades contribui para que a criança se sinta mais confiante para a resolução de problemas, desde os mais simples até os mais complexos, de acordo com cada faixa etária”, diz Mariana.
 
Além disso, as atividades de programação e robótica do RedTech, principalmente quando acontecem desde a primeira infância do estudante, reforçam o importante processo de familiarização do indivíduo com a língua.
 
Como essas habilidades preparam um estudante para a vida adulta?
“Ao serem encorajados a criar ferramentas para ajudar outras pessoas, como no caso das atividades voltadas para os alunos adolescentes, eles entendem que podem fazer algo para mudar a realidade em que vivem e isso tem sido uma tendência cada vez maior das gerações que estão em desenvolvimento”, afirma a editora.
 
Por mais que não seja possível prever quais serão os desafios que esses alunos enfrentarão daqui a alguns anos, a Red Balloon os deixa preparados e dispostos para resolver problemas, simples ou complexos – o que fará muita diferença na sociedade em que estiverem inseridos.
 
O que acha de garantir essa oportunidade para o seu filho? Acesse já o nosso site!

 

Entre em contato