Enem: 8 dicas para se dar bem na prova de inglês

Thais Wanderley, Consultora Pedagógica da Red Balloon, explica como os estudantes podem se preparar de forma eficaz para o exame

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a porta de entrada para diversas Universidades no Brasil e no exterior. As provas serão aplicadas nos dias 13 e 20 de novembro, sendo a primeira data destinada à prova de Linguagens, Ciências Humanas e uma redação, enquanto o segundo dia traz as questões de Ciências da Natureza e Matemática.

Na seção de Linguagens e suas Tecnologias, cinco questões são destinadas a um idioma estrangeiro escolhido pelo aluno, que pode ser o inglês ou o espanhol. Mesmo que já dominem a língua, é importante os candidatos entenderem a forma que a prova pode cobrar esse conhecimento.

Pensando nisso, para auxiliar os estudantes que estão na reta final para o Enem, Thais Wanderley, Consultora Pedagógica da Red Balloon, separou oito dicas. Confira:

1- Conheça o estilo das questões do exame

“Antes de mais nada, é muito importante que o estudante conheça o teste de Inglês do Enem. Ele é composto por cinco questões, em sua maioria de compreensão e interpretação (historicamente, foram raras as vezes que apareceram outros formatos), e segue a seguinte organização: o candidato realiza a leitura do texto em inglês e responde uma pergunta de múltipla escolha que estará em português”, explica Thais.

2- Pratique a leitura e interpretação de texto

É fundamental praticar a leitura e interpretação de diferentes textos em língua inglesa no cotidiano. A profissional aponta algumas estratégias: assistir filmes com legenda em inglês, acompanhar a letra de uma música ou seguir páginas de jornais estrangeiros nas redes sociais.

3- Familiarize-se com gêneros textuais diversos 

Os textos do Enem podem ser de qualquer gênero, sendo imprescindível estar familiarizado com diversas categorias: pesquisas científicas, trechos de livros, notícias de jornal, estrofes de músicas, charges, quadrinhos, anúncios publicitários e campanhas de conscientização, por exemplo.

4- Esteja por dentro dos temas da atualidade

“O Enem é muito conectado com os temas que estão sendo discutidos atualmente. Então, é importante que os candidatos estejam atentos e desenvolvam um repertório de palavras contemporâneas. Para isso, podem criar um banco de palavras por temas, buscando principalmente incluir termos novos e suas definições”, indica Thais. Assim, além de fortalecer o seu repertório, o jovem amplia o vocabulário.

5- Revise os tópicos gramaticais

Por mais que o foco do Enem seja a interpretação, o estudo da gramática não pode ser deixado de lado. “Conhecer e saber identificar os tempos verbais, por exemplo, é de fundamental importância para que o estudante não caia em ‘armadilhas’ ao responder às questões. Outros tópicos importantes para revisão são Linking Words e Passive Voice”, aponta.

6- Administre bem o tempo

Mesmo que a prova de inglês tenha apenas cinco questões, o Enem engloba outras áreas no mesmo dia, totalizando 90 questões e uma redação, a serem realizadas em cinco horas. Por isso, é preciso saber administrar bem o tempo e ser objetivo.

7- Utilize técnicas de leitura

Para otimizar o tempo na prova, além de aumentar as chances de entender a questão, o candidato pode fazer uso de algumas técnicas de leitura, como skimming e scanning.

8- Pratique utilizando os exames de anos anteriores

“A prática é a melhor forma de nos prepararmos. Realizar as questões de edições anteriores é essencial para que o estudante consiga alinhar suas expectativas e fique seguro quanto ao que vai encontrar no dia do exame. No site do Inep, é possível encontrar todos os testes aplicados na última década”, finaliza Thais.


Temos certeza de que essas dicas vão te ajudar na preparação para o ENEM. Boa prova!

Entre em contato