Enem 2023: dicas para melhorar seu desempenho nas questões de inglês

Na reta final do Exame Nacional do Ensino Médio, aprenda 5 técnicas para gabaritar a prova de inglês

As questões de língua estrangeira do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) representam 11% da nota da prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. E se você é como os 40% de inscritos que escolhem o inglês para a realização do exame, confira cinco dicas para aprimorar seu desempenho no 1º dia de prova:

1. Contextualize o aprendizado

As questões de língua inglesa costumam cobrar interpretação de textos diversos e a habilidade do aluno em relacionar os conteúdos. Por isso, perto do dia do exame, procure ler livros, assistir filmes e escutar músicas em inglês. Assim, além de praticar constantemente a língua estrangeira no cotidiano, você entenderá o contexto das frases e expressões inglesas, o que te ajudará na resolução da prova.

2. Aprenda técnicas de leitura

Boa parte das perguntas exigem do aluno a capacidade de leitura de grandes textos em um tempo curto. Existem duas estratégias que podem facilitar esse processo:

O skimming serve para entender o assunto superficial do texto, sem se preocupar com as nuances e detalhes, o que pode ser utilizado em perguntas mais gerais sobre o tema principal do excerto. O aluno deve ler o parágrafo introdutório e conclusivo, bem como prestar atenção em imagens e tabelas, com cuidado para não deixar escapar ideias centrais para a compreensão do conteúdo.

Já o scanning serve para as questões que buscam informações específicas do texto, como nomes ou datas. O aluno pode passar os olhos pelas palavras aleatoriamente, buscando números ou termos-chave que o levarão até o dado que foi pedido. Isso pode poupar bastante tempo para que o estudante possa resolver as questões mais complexas.

3. Entenda as 4 competências avaliadas

O Inep disponibiliza a matriz de referência do conteúdo das provas, que pode ser útil para entender o que as perguntas vão explorar do conhecimento do estudante. Na prova de inglês, a competência avaliada é “Conhecer e usar língua(s) estrangeira(s) moderna(s) (LEM) como instrumento de acesso a informações e a outras culturas e grupos sociais”. Dentro dela, são avaliadas quatro habilidades:

  • Associar vocábulos e expressões de um texto em LEM ao seu tema;
  • Utilizar os conhecimentos da LEM e de seus mecanismos como meio de ampliar as possibilidades de acesso a informações, tecnologias e culturas;
  • Relacionar um texto em LEM, as estruturas linguísticas, sua função e seu uso social;
  • Reconhecer a importância da produção cultural em LEM como representação da diversidade cultural e linguística.

4. Selecione os conteúdos

Na reta final, não há mais tempo para estudar todo o conteúdo. Porém, existem alguns assuntos com uma incidência maior que devem ser levados em consideração. Os tempos verbais, a voz passiva, os pronomes pessoais e possessivos, as linking words e os falsos cognatos são exemplos de temas de gramática que podem ser úteis até mesmo para as questões interpretativas.

5. Leia o enunciado primeiro

Assim como em outras matérias do Enem, é eficiente ler o enunciado da questão antes do texto de apoio. Dessa forma, é possível economizar tempo ao entender o que a pergunta exige antes de começar a interpretar. Além disso, os enunciados das questões de língua estrangeira do Enem são em português, o que pode te ajudar a reconhecer o tema central do trecho e compreendê-lo melhor.

Entre em contato