Conheça o exame de Cambridge: 4 dicas para ir bem na prova

Muitos brasileiros têm o sonho de poder estudar fora do país, ou até mesmo construir uma vida fora dele, conquistando empregos que os permitam expandir suas fronteiras e se tornarem verdadeiros cidadãos do mundo.

No entanto, para poder ter acesso a essas oportunidades, muitas vezes é necessário poder oferecer uma garantia relacionada à proficiência na língua inglesa e, para isso, nada melhor do que um certificado de aprovação em um exame de Cambridge.

Esses objetivos podem partir da iniciativa do próprio indivíduo ou também desde uma indicação em seu processo educativo, por meio de pais que enxergam a importância do inglês e de uma experiência internacional para seus filhos. Mas de qualquer forma, para poder realizar seus sonhos globalmente, o exame de Cambridge continua sendo o mais recomendado, e compreender este processo acaba sendo fundamental tanto para pais quanto para alunos.

Por conta disso, preparamos este post, cujo intuito é fazer com que você possa entender melhor sobre em que consiste o exame de Cambridge, para que ele é necessário, como montar um planejamento de estudos para a prova e algumas das melhores dicas para poder mandar bem na hora H. Vamos começar?

O que é o exame de Cambridge e quais os seus tipos de prova?

Os exames de Cambridge

Os exames de Cambridge são provas de conhecimento de língua inglesa elaborados pela Cambridge Assessment English — uma parte da University of Cambridge —, que fornecem certificados relacionados ao nível de proficiência que o candidato possui neste idioma. Estes certificados podem ser considerados as chaves que abrem as portas das oportunidades mundo afora, já que atestam as habilidades do indivíduo como um falante da língua inglesa.

Mais de 25.000 universidades, empregadores e governos aceitam as qualificações do exame de Cambridge ao redor do mundo. Dentre as instituições de ensino, destacam-se as famosas University of Oxford (Reino Unido), King’s College London (Reino Unido), NYU (Estados Unidos), Stanford University (Estados Unidos), além de muitas outras de renome mundial.

Para verificar se a instituição do seu interesse aceita essas qualificações, recomendamos acessar o banco de dados da própria Cambridge Assessment English, clicando aqui.

Aqui estão alguns fatos que valem a pena ser mencionados, em relação à Cambridge Assessment:

  • Mais de 7 milhões de provas são aplicadas todos os anos;
  • Oferece avaliações de inglês desde 1913;
  • Possui mais de 2.800 centros de exames, espalhados por 130 países.

Os tipos de prova

A Cambridge Assessment English oferece exames de qualificação baseados nos objetivos do candidato. Eles são divididos em três tipos:

  1. Qualificações para escolas;
  2. Qualificações para educação geral e superior;
  3. Qualificações de inglês para negócios.

Cada um desses tipos foca e obedece os seus próprios estágios do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR), ou no inglês, Common European Framework Reference for Languages (CEFR). São eles:

Qualificações para escola

  • Pre A1 Starters (YLE Starters)
  • A1 Movers (YLE Movers)
  • A2 Flyers (YLE Flyers)
  • A2 Key for Schools (KET)
  • B1 Preliminary for Schools (PET)
  • B2 First for Schools (FCE)

Qualificações para educação geral e superior

  • A2 Key (KET)
  • B1 Preliminary (PET)
  • B2 First (FCE)
  • C1 Advanced (CAE)
  • C2 Proficiency (CPE)

Qualificações de inglês para negócios

  • B1 Business Preliminary (BEC Preliminary)
  • B2 Business Vantage (BEC Vantage)
  • C1 Business Higher (BEC Higher)

Você pode conferir um pouco mais sobre eles neste outro post. Esses estágios funcionam como um teste de nivelamento de inglês e servem para identificar o grau de proficiência que o candidato possui.

Os diferentes níveis de exame possuem suas respectivas características relacionadas à preparação e tempo de prova, além dos locais de exame, mas compartilham de um formato bem semelhante: todos os níveis requerem práticas de Listening (Ouvir), Speaking (Falar), Reading (Ler) e Writing (Escrever) como forma de obter o certificado, e podem ser aplicadas por meio de um exame em papel, ou por computador.

Por que ter um planejamento de estudos para o exame de Cambridge?

Bom, visto que o exame de Cambridge traz consigo várias oportunidades para as vidas dos seus candidatos, é possível imaginar que também não seja tarefa fácil conquistar o certificado.

Claro que também não é um bicho de sete cabeças, mas seguindo o caminho correto, é possível sim obter resultados positivos dentro do menor tempo possível.

Para isso, é muito importante ter um planejamento de estudos adequado, de forma com que o estudante também possa estudar de casa e ter o seu melhor rendimento na hora de adquirir conhecimentos.

Escrevemos um outro artigo que fala tudo sobre como montar uma rotina de estudos, e você pode conferi-lo clicando no link, para mais detalhes. No entanto, adiantamos aqui algumas boas práticas como:

  • Escolher um ambiente de estudos adequado;
  • Definir dias e horários para estudar;
  • Fazer um cronograma de disciplinas;
  • Traçar um objetivo e suas metas.

Incluir esses hábitos na sua rotina é o primeiro passo para ter o sucesso que todo estudante deseja ter ao realizar o seu exame, portanto, não deixe-os de lado!

4 dicas para ir bem na prova de Cambridge

Após entender mais sobre a prova, os seus tipos, e a importância de se ter um planejamento de estudos, vamos te dar agora 4 dicas para facilitar sua vida quando o grande momento chegar. Prepare o lápis, a caneta e o papel e escreva aí para não esquecer!

1. Leia frequentemente (e rápido!)

Ler é um dos pré-requisitos para fazer uma boa prova. Tente aumentar o seu leque de gêneros literários para adquirir um vocabulário mais vasto e familiarizar-se com diferentes tipos de texto. Livros, notícias, artigos científicos, blogs… vale tudo na preparação. Até mesmo mudar o idioma do seu celular pode ser uma boa.

Ah, e treine sua leitura rápida. Afinal de contas, você possui tempo contado para realizar a prova. O site da Cambridge Assessment fornece algumas atividades gratuitas para você poder treinar.

2. Procure oportunidades para escrever em inglês

Assim como o Reading, o Writing também é uma das etapas da prova, e você precisa estar com a escrita afiada nesta hora. Portanto, sempre que houver a oportunidade de escrever em inglês, treine. Aqui, as redes sociais podem ser muito bem-vindas, e você pode utilizá-las para comentar e emitir suas opiniões em páginas e perfis que estejam relacionados à língua inglesa.

Se você for fazer a prova escrita à mão, busque escrever sobre a sua rotina, ou cartas (não precisa mandar para ninguém), mas de novo, tente acelerar na sua produção.

3. Escute de tudo

Essa tarefa é essencial para a prova de Listening, portanto, busque escutar os mais diversos gêneros sonoros. Rádios, podcasts, vídeos, músicas, filmes, documentários… Tudo isso importa. Quando estiver mais familiarizado com a língua e tiver desenvolvido maiores habilidades, experimente assistir vídeos e filmes sem legendas.

Uma dica para a hora da prova é procurar escutar com atenção todas as frases e seus contextos. Se não entender uma palavra específica, não foque nela sua atenção. Isso pode fazer com que você perca o foco do que o exame pede.

4. Fale pelos cotovelos

Chegou a hora de colocar à prova tudo que foi aprendido e poder mostrar que você realmente sabe falar inglês. Busque conversar com seus colegas, professores, seu animal de estimação e até mesmo consigo próprio. Diga a si mesmo o que você precisa fazer durante o dia, por exemplo, até o ponto de até mesmo começar a pensar em inglês.

Grave vídeos, cante músicas, ou bata um papo virtualmente com alguém estrangeiro. Tá tudo liberado!

Dicas extra

Algumas outras dicas para o dia do seu exame de Cambridge são:

  • Verifique a data, hora e local da prova;
  • Planeje o seu tempo (incluindo o tempo de deslocamento ao local da prova);
  • Certifique-se das regras relacionadas ao uso de celulares;
  • Lembre-se de levar documentos, lápis, caneta e borracha;
  • Obedecer todas as instruções indicadas pelo orientador.

Fazendo tudo que colocamos aqui, você estará fortemente preparado(a) para enfrentar qualquer prova ou desafio. Por isso, siga à risca e não vacile!

Ah, e se você é pai ou mãe de aluno, temos um outro material bem bacana que pode te interessar: como seu filho pode estudar inglês e aprender brincando. Confira!

Entre em contato