Como e por que incentivar as crianças a ensinar inglês para a família?

Maria Paula Andrade, Coordenadora Pedagógica da Red Balloon, explica estratégias para promover essa interação em casa

Cada indivíduo é um ser único, com as suas próprias formas de sentir, pensar e agir. Por isso, o processo de ensino e aprendizagem precisa acompanhar diferentes perfis – desde alunos que respondem melhor a estímulos visuais até aqueles que preferem atividades práticas, por exemplo.

Em casa, uma brincadeira que fortalece o aprendizado é quando o estudante ensina aos parentes sobre os conteúdos vistos nas aulas da Red Balloon. Nesse processo, ele consolida o seu próprio conhecimento, enquanto vive momentos especiais de afeto e diversão em família.

Como motivar as crianças a ensinar o conteúdo visto nas aulas?

“Acredito que a experiência Red Balloon acaba sendo um evento em conjunto, em família, desde o primeiro dia em que o aluno vai para a escola – ou até mesmo antes, quando o responsável é apresentado à Red Balloon! Quando o responsável conhece a escola, ele é apresentado à metodologia e ao espaço físico e entende como as aulas acontecem. E essa parceria é muito importante”, diz Maria Paula Andrade, Coordenadora Pedagógica da Red Balloon.

Para incentivar os estudantes a ensinar o conteúdo visto em aula para outras pessoas (que podem ser os pais ou não), Maria Paula indica algumas estratégias:

–          acompanhar a lição de casa (fazer com a criança/adolescente, mas nunca fazer por eles);
–          assistir séries ou filmes em inglês;
–          acessar a nossa plataforma digital da Red Balloon, o Digiworld, e acompanhar com os alunos as atividades disponíveis;
–          durante viagens, dar autonomia, encorajar e estimular as crianças a utilizar o idioma;
–          ouvir músicas em inglês.

Todas essas atitudes, quando praticadas no cotidiano, fazem com que os alunos se sintam encorajados a compartilhar o que aprenderam, visando ensinar aos outros.

Como as crianças podem “ensinar” os conteúdos para outras pessoas?
Se os pais promoverem esses momentos espontâneos de troca, afeto e acolhimento, os filhos, além de praticarem o inglês, se sentirão valorizados. Para guiar esse tipo de atividade, Maria Paula aponta algumas perguntas-chave que os responsáveis podem fazer:

1) A teacher contou alguma história hoje na aula? Me conta!
2) Me conte sobre uma palavra nova / frase / conteúdo que você aprendeu hoje. Meu inglês está enferrujado, preciso de ajuda!
3) Você ajudou alguém ou foi ajudado por um colega hoje? Como você ajudou ou como você foi ajudado? 
4) Sobre o que é essa lição?
5) Mas o que aconteceu aqui nessa cena? Não entendi…
6) Nossa, mas quando você utiliza essa frase?
7) O que significa essa palavra?
8) Nunca ouvi essa música, me ensina a cantar?

Realizando qualquer um dos exercícios propostos, as crianças ensinarão aos pais parte do que aprenderam na Red Balloon, além de vivenciarem momentos especiais em família. “Quando os estudantes se sentem valorizados ao perceber os responsáveis interessados por seu dia, por suas experiências na escola, e se sentem prestigiados e úteis, acabam se sentindo mais seguros. Isso se reflete na autoestima, o que acarreta, sem sombra de dúvidas, em alunos mais estimulados a aprender e a aproveitar mais as oportunidades de aprendizagem”, explica Maria Paula.

Por que é importante variar as formas de aprender?

“A aprendizagem é um processo único e individual, cada criança e adolescente aprende de uma maneira específica. Alunos respondem melhor a determinados estímulos do que outros. Sendo assim, em sala de aula, os alunos precisam ter acesso ao conteúdo de maneiras variadas para que exista uma assimilação efetiva do que está sendo trabalhado na escola”, diz Maria Paula.

Para atender todos os perfis de estudante, a Red Balloon promove momentos variados de aprendizado. A profissional cita alguns exemplos:

      We Rule: alunos e professores criam juntos as regras de convivência em sala de aula, para estabelecer uma atmosfera saudável e segura para o processo de ensino-aprendizagem.

        Ballooners Mindset: traz aos alunos uma cultura de valorização do esforço, da empatia e da celebração de conquistas, favorecendo habilidades socioemocionais e de autorregulação.

              Be A Chef: alunos fazem uma receita, seguindo instruções em inglês.

    Reading Rocks: gincana de reconhecimento de leitura. Em complemento, os adolescentes acessam a plataforma gamificada de leitura digital, chamada “A Árvore”.

             Digiworld: plataforma exclusiva da Red Balloon para os alunos revisarem de forma divertida as aulas.

 

Ao reconhecer as diferentes formas de aprender e estimulá-las, a instituição otimiza o aprendizado e os alunos são incentivados a discutir, a criar soluções e não só a aprender, mas também a ensinar.

Para conhecer mais sobre a Red Balloon e a nossa metodologia, agende uma visita em uma de nossas unidades: acesse “Onde estamos” no menu do nosso site e descubra a Red Balloon mais próxima de você!

{{cta(‘b64ee937-73b6-4d92-8ca2-7d9d3a2410cd’)}}

 

Entre em contato