Por que ajudar os filhos a expressar sentimentos em inglês?

>

10 de março, 2021

Alimentos, lugares, partes do corpo – e os sentimentos em inglês? Por vezes, foca-se em trabalhar com as crianças vocabulário e maneiras de se expressar que abrangem uma série de coisas, mas deixam em segundo plano os sentimentos em inglês.

Na verdade, ajudar as crianças a expressarem sentimentos em português e em inglês é muito importante para sua inteligência emocional, para a aquisição de habilidades socioemocionais e, também, para seu desenvolvimento cognitivo.

Acontece que a experiência das emoções é tão universal e inata, que os pais muitas vezes assumem que a autoconsciência de uma criança em relação aos sentimentos também ocorre naturalmente.

Porém, assim como qualquer outra habilidade vital para o desenvolvimento social e emocional saudável de seu filho, aprender a identificar e lidar com as emoções precisa ser apoiado e encorajado.

Que tal compreender melhor essa questão? Continue a leitura e saiba mais sobre o tema. Confira também dicas de como ajudar os seus filhos a expressar seus sentimentos em inglês. Vamos lá?

Por que é importante que as crianças consigam expressar seus sentimentos?

As crianças têm algumas maneiras interessantes de se expressar! Com os anos, os pais conseguem ver sua expressividade aflorar e brilhar. 

Mas, às vezes, as crianças têm dificuldade em aprender como mostrar seus verdadeiros sentimentos da melhor maneira. Nem sempre é fácil para os pequenos expressar o que estão sentindo ou pensando. Essa dificuldade não é antinatural. Mas, se as crianças não obtiverem ajuda, este problema pode afetá-las ao longo de sua vida.

Portanto, é importante que os pais busquem maneiras de auxiliar seus filhos a expressar seus sentimentos e a lidar da melhor forma com eles.

Muitos pais esperam que seus filhos automaticamente saibam como expressar seus sentimentos de maneira saudável. No entanto, o primeiro passo para lidar com as emoções é ser capaz de identificá-las. Ao familiarizar seu filho com um amplo vocabulário da linguagem emocional, ele fica mais apto a identificar o que está vivenciando.

A sintonia emocional é um bloco de construção vital da inteligência emocional, tão importante para o desenvolvimento e para manutenção de bons relacionamentos pessoais e profissionais no futuro de seu filho.

É válido lembrar que as crianças experimentam sentimentos complexos como os adultos. Elas ficam frustradas, ansiosas, nervosas, tristes, assustadas, preocupadas… No entanto, os pequenos geralmente não têm vocabulário para falar sobre como estão se sentindo. Em vez disso, comunicam seus sentimentos de outras maneiras, que podem ser por meio de expressões faciais, de linguagem corporal, de seu comportamento e de brincadeiras. 

Desde o momento em que as crianças nascem, elas começam a aprender as habilidades emocionais de que precisam para identificar, expressar e administrar seus sentimentos. Elas aprendem como fazer isso por meio de suas interações sociais e relacionamentos com pessoas importantes em suas vidas, como pais, irmãos, avós e professores.

E por que os pais devem ajudar seus filhos a expressar sentimentos em inglês?

Os tipos de interação entre pais e filhos que ajudam as crianças a aprenderem a primeira língua também as ajudam a aprender a segunda língua. Por isso é tão importante que a criança seja exposta e pratique de forma prazerosa inglês também em casa. E, nesses momentos, é bastante recomendado que os pais também auxiliem seus filhos a expressarem emoções e sentimentos em inglês.

Além da importância desse tipo de vocabulário para a futura fluência no idioma, saber como expressar o que está sentindo em inglês também ajudará a tornar o aprendizado mais fluido, eficiente e ágil.

Veja, ao não reconhecer, por exemplo, sentimentos como a ansiedade por não ter compreendido uma regra gramatical ou preocupação por perder o significado de uma palavra, ele provavelmente não irá saber como pedir ajuda sobre isso para colegas, professores ou para sua família. E isso prejudicará seu aprendizado e poderá também influenciar em sua motivação nos estudos.

Além disso, ajudar os seus filhos a expressar seus sentimentos em inglês também contribuirá para que a prática não se torne meramente mecânica e desinteressante para a criança. Os sentimentos são parte importante de quem somos, de como nos relacionamos e vivemos. 

Não saber identificá-los e expressá-los no novo idioma poderá se tornar uma lacuna para um desenvolvimento mais completo da criança na segunda língua e em termos socioemocionais.

Além disso, essa é uma parte importante para que seu filho consiga pensar em inglês, o que é fundamental para sua fluência. 

Como estabelecer o diálogo para abordar os sentimentos em inglês e em português?

Ao estabelecer diálogos para abordar sentimentos de uma criança, é possível ajudá-la a gerenciar emoções positivas e negativas de forma saudável.

As emoções e os sentimentos são partes normais e naturais da vida. Todo mundo sente uma ou mais emoções o tempo todo e as crianças não são exceção. Muitas vezes, elas estão tentando descobrir exatamente o que estão experimentando, mas lidar com algo ainda um tanto desconhecido, com o qual elas têm pouca experiência de manejo, pode ser difícil.

É por isso que os adultos em suas vidas devem buscar maneiras de ajudá-las. Mas auxiliar as crianças a expressar sentimentos não é apenas uma questão de garantir que elas tenham nomes para suas emoções. Não se trata somente de ajudá-las a se sentirem melhor. E o objetivo não é fazer com que seus filhos sempre se sintam felizes.

Embora certamente esperemos que nossos filhos sempre experimentem emoções positivas, é importante entender que sentimentos como a tristeza são emoções naturais e são tão importantes quanto nossos sentimentos mais positivos.

Também é importante entender que gerenciar nossos sentimentos, tanto positivos quanto negativos, é muito crítico. A maneira como seus filhos lidam com suas emoções afetará várias áreas de suas vidas. Isso inclui seus relacionamentos com colegas, amigos e com seus pais.

Assim, estabelecer momentos em sua rotina para ajudá-los a compreenderem e a expressarem seus sentimentos auxiliará também a tornar a comunicação mais próxima e eficaz.

Mas, como iniciar essa abordagem? 

Vamos supor que seu filho esteja frustrado e arremesse um brinquedo, por exemplo. Use isso como uma oportunidade para falar com ele sobre como expressar seus sentimentos de maneira positiva

Isso pode incluir respirações profundas, pedido de ajuda, afastamento para reflexão, busca de outra maneira de fazer as coisas, como tentar resolver o problema com uma conversa, envolvimento com atividade de lazer ou relaxamento, o importante é abordar estas oportunidades de forma positiva e não punitiva.

Lembre-se também que, às vezes, as crianças não conseguem expressar seus sentimentos porque simplesmente não têm ainda o vocabulário para isso. Assim, se seus filhos não têm certeza de como nomear o que estão sentindo, você pode usar outro método. Uma forma de “nomear” sentimentos com os menores é associando uma cor ou expressão facial às emoções. 

Por exemplo, um rosto triste pode indicar a emoção de tristeza. Um círculo amarelo pode significar um sentimento “intermediário”, não exatamente triste, mas também não exatamente feliz. 

Você pode anexar círculos coloridos ou imagens de expressões faciais em um mural de sua casa e fazer com que seu filho aponte para aquele que melhor descreve como ele está se sentindo quando ele não consegue expressar com palavras seus sentimentos. 

Depois disso, ajude seu filho a dar um nome aos sentimentos, isso auxiliará a criança a conseguir identificá-los em outras oportunidades e a estar mais bem preparado para lidar com eles. Isso permite também que seu filho desenvolva um vocabulário emocional para que possa falar sobre seus sentimentos na língua materna e em inglês.

Também tenha em mente que as crianças aprendem sobre os sentimentos e como expressá-los de maneira adequada observando os outros. Mostre a seu filho como você se sente em relação a diferentes situações e como você lida com esses sentimentos. Você pode falar sobre o que faz quando está se sentindo triste ou preocupado, de como a compartilhar essas experiências com as crianças.

Dicas para ajudar seu filho a expressar sentimentos em inglês

Compartilhar momentos em família são boas oportunidades para perguntar aos filhos como foi seu dia e ajudá-los a expressar seus sentimentos em inglês.

Sentimentos podem ser desafiadores de serem trabalhados por serem conceitos um tanto abstratos. Mas há formas de fazer isso! Veja algumas dicas que podem ajudar seu filho a expressar sentimentos em inglês:

Identifique os sentimentos de personagens

Ofereça oportunidades para a criança identificar os sentimentos dos outros. Desenhos animados em inglês ou livros nesse idioma são uma ótima maneira de discutir sentimentos e ajudam a criança a aprender como reconhecer os sentimentos de outras pessoas por meio de expressões faciais, situações novas, etc.

Pergunte sobre o dia do seu filho

Pergunte a seu filho sobre o seu dia e como ele se sentiu em relação a algo que aconteceu. Ele passou de fase em um game? Parabenize-o e questione sobre que sentimento isso motiva nele. Ele marcou uma conversa por vídeo com um amigo, mas ele não apareceu online? Cheque como ele se sentiu em relação a isso.

Situações cotidianas são excelentes fontes para aquisição de vocabulário e fornecerão momentos valiosos para seu filho falar sobre sentimentos em inglês e vocês se aproximarem ainda mais. 

Estimule seu filho a escrever sobre sentimentos em inglês

Além de ajudar no desenvolvimento das habilidades de writing, escrever sobre seus sentimentos em inglês será uma forma de promover o autoconhecimento e a autoconsciência da criança desde cedo. 

Ainda, será uma maneira prática para aquisição de vocabulário. Pode ser que ela se sinta mais à vontade para explorar determinadas emoções e sentimentos de forma privativa, o que contribuirá para elevar sua autonomia e segurança no manejo dos sentimentos e, também, na escrita em inglês.

Extra: exemplo de vocabulário para trabalhar sentimentos em inglês com seu filho

A seguir, veja uma relação de palavras e expressões que podem ajudar na abordagem da expressão de emoções e sentimentos em inglês:

  • Anxious: ansioso
  • Bored: entediado
  • Calm: calmo
  • Confused: confuso
  • Fear: medo
  • Guilty: culpado
  • Happy: feliz
  • Proud: orgulhoso
  • Sad: triste
  • Scared: assustado
  • Worried: preocupado

Expressões para falar sobre sentimentos em inglês:

  • How are you feeling today?: Como você está se sentindo hoje?
  • Are you OK?: Você está bem?
  • How do you feel about it?: Como você se sente sobre isso?
  • What makes you feel that?: O que faz você sentir isso?

E então, viu só como é importante ajudar os seus filhos a expressar seus sentimentos em inglês? Na Red Balloon você pode conhecer o projeto Ballooners Mindset, onde ajudamos os alunos a falarem de sentimentos, além de trabalhar habilidades do século 21 e a mentalidade de crescimento.

Lembre-se que a Red Balloon está aqui para ajudar você nesse desafio. Para que seu filho aprenda inglês para a vida toda, encontre a unidade mais próxima, são mais de 80 unidades em todo Brasil. Aguardamos vocês!

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Siga nosso instagram!