Mindfulness para crianças: o que é e como estimular

>

Técnicas de relaxamento e respiração que promovem a atenção plena e combatem a ansiedade e o estresse — como o yoga, a meditação e o mindfulness — são praticadas por milhares de adultos no mundo inteiro, mas você sabia que existe também o mindfulness para crianças? Sim, é isso mesmo. A técnica para os pequenos é similar, mas conta com exercícios e instruções específicas para o público infantil e que podem fazer com que seu filho alcance todos os beneficio da experiência. 

E você deve estar se perguntando quais benefícios são esses, acertamos? O mindfulness para crianças promove o equilíbrio — principalmente das emoções — para aumentar o desempenho escolar, social e em qualquer atividade da rotina do pequeno, além de amadurecimento para lidar com períodos difíceis e problemas comuns na infância. Afinal, praticantes mirins da técnica têm em mente um ensinamento que diz que “não é possível controlar o que acontece ao nosso redor, mas é possível controlar nossas atitudes e pensamentos”.

Pensando no bem-estar e na saúde mental do seu pequeno, a Red Balloon criou um guia completo sobre o mindfulness para crianças e explica em detalhes o que é, quais os ganhos para a vida dos menores e dicas para você incentivar o filhote a inserir a prática no dia a dia de forma leve e divertida. Vamos lá?

Afinal, o que é o mindfulness?

Um estudo da Universidade de Harvard publicado na revista científica Science apontou que a mente do ser humano fica vagando em pensamentos por em média 47% do tempo. Ou seja, se você trabalha 8 horas diárias, em 4 horas do expediente você não está totalmente concentrada(o) em suas responsabilidades. E é aqui que o mindfulness faz a diferença, pois com técnicas simples que gastam apenas alguns minutos do seu dia, o treino de atenção plena é capaz de trazer mudanças significativas e rápidas na rotina e na qualidade de vida da(o) praticante.

E o mesmo acontece com os pequenos, que captam mais estímulos do que os adultos e, por isso, é comum pais e responsáveis notarem momentos em que os menores estão dispersos mesmo dentro de tarefas escolares, lendo, assistindo filmes ou realizando qualquer outra atividade que exija atenção. Assim, o intuito do mindfulness para crianças é aumentar a concentração e o amadurecimento cerebral dos menores, com ótimos ganhos na infância e que serão notáveis até a fase adulta.

Em resumo, o mindfulness é uma técnica de treinamento para se manter a atenção consciente e plena nas ações do presente e no que está acontecendo naquele exato minuto, sem deixar a cabeça se preocupar e se apegar a pensamentos do passado e do futuro. É uma espécie de meditação, mas que não tem como intuito esvaziar a mente e sim focá-la no aqui e agora. 

Para se ter uma dimensão da eficácia do mindfulness, é cientificamente comprovado que a prática é capaz de amenizar doenças psicológicas, como ansiedade e depressão, além de manter o cérebro jovem e criativo. Grandes CEOs e diretores de multinacionais são adeptos ao mindfulness para conseguirem se dedicar 100% a seus projetos, e astros do basquete e de outras modalidades esportivas usam-a como forma de aumentar seu rendimento. Ah, e vale citar que estrelas e celebridades mundiais, como Gisele Bündchen, foram responsáveis por tornar a técnica mais famosa, já que aderiram para suas vidas e garantem que a diferença entre o antes e depois da prática é impactante.

Os benefícios do mindfulness infantil

Caso ainda não esteja convencida(o) do que o mindfulness infantil pode acrescentar na vida do seu filho, listamos alguns dos benefícios neste tópico. De qualquer maneira, com o aumento de doenças psicossomáticas, incluir meditação, esportes, cursos extracurriculares de línguas com didáticas lúdicas — como os que estão disponíveis na Red Balloon — e ter momentos prazerosos em família serão uma garantia do crescimento de um adulto equilibrado e estável.

As vantagens do mindfulness para crianças são:

Traz relaxamento para crianças

Algumas crianças têm mais energia do que outras e não sabem o momento certo de parar e se desligar — o que acontece na maioria das casas. Com a técnica do mindfulness para crianças, os pequenos passam a ter controle sobre a hora correta de relaxar e desfrutar do descanso, conseguindo ter melhores noite de sono e assim um proveito eficaz nos estudos, nas brincadeiras e em todas as demais atividades rotineiras.

Melhora na aprendizagem

Quando alguém não está focado o suficiente, o conteúdo que lhe é apresentado não é assimilado e o resultado é de notas baixas e reprovação no vestibular. E já que o mindfulness para crianças ensina técnicas de atenção plena, o menor aprenderá como focar em uma atividade — incluindo nos estudos — e assim melhorar significativamente o empenho escolar.

Garante equilíbrio emocional

Faz parte do crescimento dos pequenos aprender a lidar com as emoções — mesmo que negativas — e sentirem raiva e frustração. O mindfulness para crianças garante que esse desenvolvimento seja realizado através de uma técnica positiva que ajudará no processo e no amadurecimento. Afinal, momentos difíceis acontecerão no decorrer da vida e os menores devem estar preparados para isso utilizando a sabedoria de foco no presente e sem sofrimento por antecipação.

Proporciona uma vida mais saudável

Estudiosos da psicologia comprovaram que o mindfulness para crianças ajuda a prevenir certas doenças e transtornos emocionais que já falamos neste guia, como a ansiedade e depressão. E com a saúde mental estruturada, é possível evitar outras enfermidades decorrentes dessas disfunções psicológicas, como a pressão alta, os problemas cardíacos, a dor de cabeça crônica e as tensões musculares. 

Além disso, o relaxamento para crianças e o controle das emoções que o mindfulness proporciona faz com que o menor saiba desse cedo como lidar com os sentimentos e não se torne um prisioneiro de suas frustrações e escolhas erradas.

6 técnicas fáceis de mindfulness para crianças

Com apenas 40 minutos diários é possível que os pais e os filhos façam as técnicas do mindfulness para crianças em casa e sem gastar nada. Sim, o mais vantajoso dessa prática é que não é necessário investir dinheiro algum, o que significa que todas as famílias podem incluir na rotina dos seus pequenos.

Abaixo elencamos 6 exercícios de mindfulness infantil para você realizar a técnica hoje mesmo:

Respiração consciente

Sentados confortavelmente no chão da sala ou no sofá e com a coluna ereta, tirem alguns minutos para, de olhos fechados, inspirar e expirar o ar. Você deve incentivar o menor a se concentrar no movimento que o corpo faz ao respirar e se atentar apenas a isso, desligando assim todos os pensamentos. 

No início pode ser difícil, mas com disciplina e prática constante a atividade ficará mais divertida e as vantagens poderão ser vistas no comportamento calmo do pequeno em alguns dias.

Pergunte ao pequeno sobre seus pensamentos

Uma maneira de treinar a atenção plena do seu filho — objetivo do mindfulness para crianças — é pedir que ele descreva seus pensamentos. Esse exercício, além de trabalhar o raciocínio e a concentração, é uma forma de analisar o nível de ansiedade e agitação em que o pequeno se encontra naquele momento, para assim acalmá-lo e depois inserir outras técnicas relaxantes, como a atividade de respiração que ensinamos acima.

Brincadeiras de mímica ou adivinhação

Dinâmicas que precisam de uma mentalidade fixa para descrição ou adivinhação são ótimas formas de praticar o mindfulness para crianças de maneira animada. O jogo pode ser feito com mímica, ou então é possível brincar de adivinhações, onde você retira um elemento do cômodo e pergunta a ele o que está faltando no local. Ambas as atividades estimulam o cérebro e exigem foco, mantendo o menor concentrado no momento presente. 

Um game que muitos pais adoram é o de ver desenhos em nuvens e perguntar ao filho o que ele está enxergando no céu. Aqui a criatividade, a atenção plena e a presença serão essenciais, garantindo que o mindfulness para crianças seja realizado sem ficar monótono.

Prática da gratidão

Ensine seu pequeno a ser grato pelas pequenas coisas do dia a dia, como as refeições, os momentos em família, os presentes recebidos em datas comemorativas, os amigos da escola e/ou algum acontecimento legal daquele dia — mesmo que seja um fato simples, podendo até mesmo ser o sorvete que ele tomou ou o desenho animado que pôde assistir na televisão. 

A ideia é tentar desviar a gratidão dos bens materiais nesse exercício de mindfulness para crianças, pois isso ajudará seu filho a ser equilibrado e estável durante circunstâncias difíceis e até crises financeiras.

Descrevendo o seu dia a dia

Os quadros de insônia infantil têm aumentado consideravelmente devido o excesso de estímulos tecnológicos, como redes sociais e games de computador. E uma maneira de ajudar o pequeno a relaxar e praticar o mindfulness para crianças — enquanto você também curte esse tempinho offline e longe das preocupações do trabalho — é pedindo que seu filhote descreva as atividades realizadas no dia com detalhes. A dica é instruí-lo a narrar desde a ida ao banheiro quando acordou até este momento antes de ir para a cama.

Refeições sem distrações

Cada vez mais a garotada está ligada na televisão ou nos smartphones — assistindo vídeos e desenhos — durantes as refeições ou os estudos, o que é um grande erro. Uma maneira de reverter essa situação e ensinar seu pequeno a estar 100% presente no momento é aplicando uma das principais técnicas do mindfulness para crianças e adultos, que pede para observarmos a cor dos itens que estão no prato, o gosto, os barulhos ao mastigar e a textura dos alimentos.

Para deixar as refeições mais divertidas mesmo sem distrações externas, experimente criar desenhos com alimentos no prato, podendo usar saladas, vegetais, grãos e proteínas para fazer um animal, por exemplo. Vale até pedir ajuda do seu filhote para montar o prato e assim ter sua atenção plena tanto na elaboração quanto na hora da refeição.

Como você pôde aprender neste guia, o mindfulness para crianças é uma técnica fácil de ser colocada em prática e que faz toda a diferença no desenvolvimento do ser humano. Ou seja, razões para incluir na rotina do seu filho é o que não faltam. 

E o melhor é que existem ganhos também para os pais, pois com hábitos digitais cada vez mais constantes dentro dos lares, ter uns minutinhos de relaxamento, interação e foco no momento presente — sem ansiedade com o futuro — é fundamental para que famílias criem laços afetivos sólidos e os pequenos vivam melhor, tornando-se adultos mais sábios, tranquilos e pacientes.

E você, conhece alguma técnica de mindfulness para crianças? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Siga nosso instagram!