Como acontece o desenvolvimento motor infantil?

>

02 de dezembro, 2020

O desenvolvimento motor infantil é um dos processos mais importantes para o crescimento da criança, pois trata-se do conjunto de habilidades que garantirão uma vida independente e promissora para o pequeno. Mas, quais são de fato essas habilidades e quando o desenvolvimento motor deve começar a acontecer? Para responder essas e outras perguntas, a Red Balloon conversou com especialistas e pedagogos e preparou um guia completo sobre o assunto.

Para introduzir o tema, vale destacarmos que logo após o nascimento, o bebê possui pouco controle sobre seus membros inferiores e superiores, além de uma baixa sustentação do pescoço e da coluna, certo? Porém, com o passar dos meses, é possível notar que a criança começa a ganhar maior domínio do próprio corpinho — e esse é um dos primeiros sinais do desenvolvimento motor infantil. 

No entanto, essa conversa pode ser muito mais complexa, e por isso abordaremos-a de forma detalhada no decorrer deste manual. Então, continue a leitura para aprender tudo! Vamos lá?

O que é desenvolvimento motor?

Desenvolvimento motor é o que nos dá a capacidade de realizar tarefas básicas do dia a dia, como andar, comer com as próprias mãos, escrever e dirigir. E, sem a evolução dessas habilidades, uma série de outras limitações intelectuais, emocionais e sociais podem ser acarretadas.

Por assim dizer, o desenvolvimento motor infantil é marcado pela mudança na postura e no comportamento da criança, que começa a ter maior controle sobre as ações do seu corpo e projetar melhor suas reações em determinadas circunstâncias e contextos. Toda essa evolução depende não apenas da sua formação cognitiva, como também do ambiente e dos estímulos ao qual o pequeno é exposto.

Dessa forma, quando o desenvolvimento motor infantil não acompanha o crescimento físico é comum que a criança apresente diversas dificuldades, incluindo problemas para cumprir tarefas escolares, aumento de sentimentos da ansiedade e introversão para lidar com outras pessoas. Mas, boas notícias: quando identificado precocemente, esse atraso pode ser revertido ou amenizado — como falaremos mais adiante.

Desenvolvimento motor infantil e a primeira infância

As principais transformações proporcionadas pelo desenvolvimento motor infantil ocorrem na primeira infância, período compreendido do nascimento até os primeiros 5 anos de idade. E, de forma ainda mais intensa, no primeiro ano de vida devem ocorrer amadurecimentos significativos, como a sustentação do pescoço e habilidade de segurar objetos.

Até completar os 12 meses de nascimento, é esperado que a criança fique sentada sem apoio, que saiba engatinhar — ou mesmo dar os primeiros passinhos — e consiga segurar pedaços de frutas e levar até a boca. A grosso modo, a coordenação motora ainda não funcionará com perfeição e os movimentos do bebê ainda serão desgovernados, mas já haverá sinais de controle das mãozinhas, perninhas e, principalmente, da coluna.

Quais são as fases do desenvolvimento motor?

Embora o desenvolvimento motor da criança aconteça com maior intensidade do primeiro ao quinto ano, durante toda infância podem ocorrer alterações significativas para o amadurecimento das habilidades. Assim, as fases do desenvolvimento motor infantil são divididas em três, chamadas de inicial, elementar e madura. Veja:

Fase inicial

Até os dois anos de idade é habitual que os movimentos locomotores da criança sejam bem irregulares, assim como a habilidade de se localizar no tempo e espaço. Assim, nessa faixa de idade o seu filhote ainda pode esbarrar com frequência nos objetos à sua volta, perder o equilíbrio com facilidade e ter dificuldade em diferenciar um dia para o outro.

Fase elementar

Na fase elementar a criança aprende a dominar praticamente todas as funções básicas para levar uma vida comum. Em alguns casos o desenvolvimento motor infantil pode se estabilizar neste estágio, não progredindo para a etapa posterior, mas sem que isso afete significativamente o modo de vida e o desempenho em tarefas cotidianas.

Fase madura

Quando a criança completa os 5 anos de idade, é esperado que se atinja a fase madura do desenvolvimento motor — isto é, o domínio total da coordenação motora e rítmica. Com o controle sobre o seu próprio corpo é que poderão ser aprendidas habilidades mais complexas e de caráter essencial para uma melhor qualidade de vida, além do aperfeiçoamento das funções básicas.

Por que é tão importante trabalhar o desenvolvimento motor infantil?

A estimulação através de brincadeiras e jogos, por exemplo, é essencial para o desenvolvimento motor infantil.

Apesar de ser um processo natural do organismo humano, o desenvolvimento motor infantil precisa ser estimulado para que se alcance resultados além do satisfatório. Isso porque, como já mencionamos, o ambiente ao qual a criança está inserida interfere diretamente na sua formação, assim como os estímulos e as interações proporcionadas com pessoas e objetos.

Por exemplo, um bebê que passa muito tempo no berço, sem acesso a brinquedos apropriados para sua faixa etária e com pouco espaço para se movimentar livremente e em segurança, tende a demorar mais para desenvolver suas habilidades motoras. Da mesma forma, a criança que não interage com adultos e outras crianças de idade similar, podem demorar muito mais para conseguirem falar com clareza e objetividade.

Identificando atrasos no desenvolvimento motor da criança

Além dos pontos que citamos anteriormente, trabalhar com estímulos do desenvolvimento motor infantil é a principal forma de identificar atrasos no crescimento cognitivo da criança. Afinal, se durante a primeira infância existem poucas habilidades de coordenação, se o senso de espaço e tempo forem muito limitados e existir falta de equilíbrio brusco, por exemplo, pode ser um sinal de alerta.

Ao identificar algum desses indícios, é fundamental que um especialista seja consultado. Caso seja notado dificuldades de aprendizagem da escrita, o ideal é ter uma conversa com os educadores e coordenadores da instituição de ensino para descobrir a origem do problema e decidir por uma nova metodologia.

Já com problemas do desenvolvimento motor infantil para atividades notoriamente mecânicas — como sentar sem apoio nas costas, comer com as próprias mãos usando talheres ou praticar exercícios físicos —, o pediatra ou neuropediatra poderão ajudar. E aqui, tratamentos como fisioterapia e terapia ocupacional são algumas das opções que auxiliam na reversão de quadros leves identificados precocemente.

Importância das fases do desenvolvimento motor na infância

Acima de tudo, é necessário destacar que exigir habilidades muito avançadas para a idade da criança também pode ser prejudicial. Isso porque cada fase do desenvolvimento motor infantil está aliado a centenas de outras funcionalidades do organismo que são amadurecidas ao longo dos anos, uma vez que o corpo humano saudável cresce e se desenvolve em equilíbrio com todo o organismo.

Ou seja, forçar uma criança a ler, escrever ou pedalar antes do tempo pode acarretar no atraso de outras funções essenciais, na desestabilidade emocional e até mesmo em um quadro de ansiedade infantil. Essa é uma situação na qual o ambiente também se torna desfavorável para o desenvolvimento motor infantil e deve ser evitada, adotando-se apenas exercícios e estímulos adequados a faixa etária do pequeno.

Como estimular o desenvolvimento motor na infância?

Para os papais e as mamães que querem saber o caminho certo de trabalhar o desenvolvimento motor infantil, saibam que essa tarefa é, na realidade, bem mais simples do que parece. Para as crianças saudáveis e com um ritmo de crescimento e amadurecimento cognitivo pertinente à sua idade, isso pode ser feito com brinquedos e brincadeiras comuns — e adiante lhe daremos alguns exemplos.

No entanto, se o bebê tiver o diagnóstico de algum distúrbio no desenvolvimento ou qualquer atraso que possa prejudicar o crescimento saudável, é fundamental ter o acompanhamento de médicos especialistas no assunto para propor o tratamento mais adequado e indicar quais os estímulos corretos para o ritmo de vida da criança.

Brinquedos e brincadeiras para o desenvolvimento motor

Como mencionamos, quando o desenvolvimento motor infantil ocorre em condições saudáveis, estímulos básicos recebidos do ambiente e da interação social podem ser suficientes para melhorar ainda mais o controle corporal dos pequenos e proporcionar o avanço para a fase madura do sistema motor.

Para isso, as famosas brincadeiras e dinâmicas infantis podem ser uma ótima ferramenta, pois além de treinarem as funções executivas, fortalecem as habilidades formadoras da inteligência emocional e aproximam o contato com outras crianças, melhorando assim a capacidade de comunicação e a socialização com pessoas fora do núcleo familiar.

Agora, se os seus filhotes ainda são muito pequenos para participar dessas atividades, os brinquedos educativos são uma ótima pedida. Atente-se para a classificação indicativa presente nas embalagens, pois por meio dela você poderá saber se os estímulos criados por aquele jogo são condizentes à fase do desenvolvimento da criança — além de, é claro, informar se aquelas peças são seguras para a idade do seu filho.

Contribuição familiar e escolar para o desenvolvimento motor

A aproximação entre família e escola é um ingrediente muito importante para o desenvolvimento motor infantil. Afinal cada um desses ambientes contribui para a formação intelectual e o amadurecimento da criança, além de serem os principais responsáveis por agir de imediato assim que qualquer sinal de alerta seja identificado.

Para os alunos que possuem distúrbios motores ou de aprendizagem, por exemplo, é papel da instituição fornecer metodologias, ferramentas e toda a assistência necessária para conter o avanço do quadro e possibilitar que o desenvolvimento motor da criança — ou seu lado intelectual — possa manter um ritmo ao menos estável de progresso — e isso depende essencialmente da colaboração dos pais em repassar as recomendações médicas para a equipe escolar.

Por outro lado, as crianças que mantém o crescimento saudável também podem ser ajudadas pela parceria entre escola e família, uma vez que todas as estratégias pedagógicas de ensino devem ser reforçadas em casa, em atividades em grupo com outras crianças, em passeios com os papais ou em qualquer outra situação recreativa.

Viu só como o desenvolvimento motor infantil é importante para que seu filhote possa conquistar a autonomia e ter mais qualidade de vida e bem-estar? Agora que você já tem todas essas informações, não deixe de acompanhar o crescimento dos seus pequenos e participar de forma ativa das atividades e dinâmicas propostas pela escola.

Ah, e não esqueça que Red Balloon é a escola de inglês nº 1 na formação completa dos seus alunos, ensinando não apenas o idioma, mas também preparando a garotada para a vida. Por isso, se os seus filhos têm entre 3 e 17 anos, não deixe de acessar o site e conferir o período de matrículas na unidade mais próxima de você!

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Siga nosso instagram!