Como incentivar a leitura dentro de casa?

>

Há uma frase creditada à Elaine Sekimura que afirma que “incentivar a leitura é a forma mais eficaz de disseminar cultura e valores, incitar a imaginação e despertar a criatividade”. De fato, há diversos motivos para fomentar o gosto pelos livros desde cedo – e isso não é apenas tarefa das escolas. É fundamental também encontrar abordagens eficientes de como incentivar a leitura dentro de casa.

Um estudo realizado pela Universidade de Edimburgo e pela King’s College de Londres, por exemplo, chegou à conclusão de que estimular esse hábito logo no início da infância pode interferir positivamente na inteligência da criança para o resto da vida.

Por isso, engana-se quem pensa que a criança é pequena demais para criar o hábito da leitura. Assim que o bebê começar a dar os primeiros sinais de comunicação, ainda que balbuciando, já é possível começar a prática de contar histórias rápidas e curtas, levando em consideração o seu nível de entendimento, sua rotina e conteúdos que consegue assimilar.

De fato, quanto mais cedo a leitura for incorporada, mais benefícios ela trará para o desenvolvimento da criança, já que uma boa relação com a leitura no início da vida é capaz de despertar diversas habilidades cognitivas com o passar dos anos.

Mas, afinal, como incentivar a leitura na rotina doméstica? Confira nossas dicas para começar já a aplicar no dia a dia de sua família.

Principais benefícios da leitura para a criança

Os benefícios da leitura atingem diversos aspectos de nossas vidas ao longo dos anos. Entre esses efeitos positivos, podemos destacar:

1. Ajuda no desenvolvimento da criança

Ler para uma criança ajuda em seu desenvolvimento, pois aprimora suas habilidades de comunicação, amplia seu vocabulário, incentiva a criatividade e a descoberta do mundo do faz de conta.

O psicólogo Bruno Bettelheim, na obra A psicanálise dos contos de fadas, lembra de que, enquanto diverte a criança, a leitura de histórias como os contos infantis “oferece esclarecimentos sobre ela mesma, favorecendo o desenvolvimento de sua personalidade”. O especialista afirma também que a leitura favorece o desenvolvimento da imaginação e ajuda a organizar a realidade da criança por meio da fantasia.

2. Amplia o conhecimento e o senso crítico

Pode parecer cedo para pensar em senso crítico. No entanto, desde pequeno é importante que o seu filho aprenda a compreender e construir argumentos e opiniões. 

Assim, ele conseguirá desenvolver melhor suas ideias e maneira de agir, além de contribuir para o seu enriquecimento cultural, intelectual e social.

3. Facilita o aprendizado escolar

Quanto antes você encontrar formas de como incentivar a leitura para a criança, mas facilidade ela terá para compreender e realizar as tarefas na escola. É extremamente importante não só ajudar nas tarefas escolares, como complementá-las com propostas de livros imagéticos ou com histórias curtas e leves.

Um estudo demonstrou que crianças cujos pais liam para elas quando crianças tendem a se tornar menos agressivas, hiperativas de apresentar menos dificuldade de atenção – problema que, frequentemente, está associado a dificuldades no aprendizado na escola. 

4. Desenvolve e ajuda na compreensão de sentimentos

Ao acompanhar as imagens e ouvir as histórias, as crianças descobrem e manifestam diferentes sentimentos importantes como medo, excitação, compaixão, etc., e começam a desenvolver mecanismos para compreendê-los e lidar com eles.

Assim, com a leitura, a criança aprende a usar palavras para descrever sentimentos que, de outra forma, seriam difíceis de serem nomeados e isso lhe permite controlar melhor seu comportamento quando ela tem sentimentos desafiadores, como raiva ou tristeza.

5. Favorece o desenvolvimento de empatia

Quando lemos um livro, nos inserimos na história diante de nós. Isso nos permite desenvolver empatia à medida que experimentamos a vida de outros personagens e podemos identificar como eles estão se sentindo. As crianças podem usar esse entendimento para ter empatia no mundo real com outras pessoas.

E essa capacidade de nos conectar a outras pessoas e de compreender o que elas estão vivenciando é uma das habilidades fundamentais do século 21 e que, cada vez mais, serão demandadas no ambiente de trabalho. Ela ajudará seu filho a conviver em sociedade, a se relacionar melhor com as pessoas, a conseguir trabalhar em grupo e a ser um bom líder.

Como incentivar a leitura dentro de casa: saiba por onde começar

Antes das dicas de como incentivar a leitura, é importante ter em mente que esse hábito não deve ser imposto de uma hora para outra e sim introduzido de forma natural. Sendo assim, é relevante levar em consideração diversos aspectos, principalmente o tempo de atenção que a criança dedica à leitura e, claro, respeitar este limite e seus interesses.

Veja, a seguir, algumas dicas de como incentivar a leitura dentro de casa, de maneira natural e divertida.

1. Faça da leitura uma rotina

Antes mesmo de ser alfabetizada, a criança deve estar familiarizada com os livros. Uma ótima opção de como incentivar a leitura e introduzir o hábito são os livros-brinquedos – isso é, aqueles exemplares com agregam à experiência da leitura recursos como fantoches, jogos, abinhas com brincadeiras, entre outros itens.

Tire alguns minutos todos os dias, seja na hora de dormir ou seja em algum outro momento, para dedicar a atenção aos livros e demonstre como eles podem ser divertidos.

Quanto a esse aspecto, é importante lembrar de que a criança, sobretudo a menor, aprende muito observando o comportamento adulto. Por isso, é importante que os pais deem o exemplo, também manuseando livros, lendo em seus momentos de lazer, etc.

2. Dê atenção aos gostos e interesses da criança

Você, melhor do que ninguém conhece os gostos do seu pequeno. Então, procure assuntos que mais chamem a sua atenção, buscando temas de seu interesse e compatíveis à sua realidade e faixa etária.

Depois, faça perguntas sobre o enredo, estimule conversas em torno da história e, inclusive, permita que a criança manuseie o livro e crie a sua própria versão da narrativa. Esse momento precisa ser prazeroso e descontraído.

3. Crie o cantinho da leitura

Para fomentar a imaginação e melhorar a atmosfera literária, é indicado montar um cantinho aconchegante com iluminação suave, poltronas confortáveis e evitar outros estímulos que possam distrair as crianças durante a leitura.

Opte, por exemplo, por cadeiras pequenas ou almofadas no chão. Se possível, coloque os livros expostos em uma mesinha ou outro apoio acessível para os pequenos, assim, a própria criança poderá escolher o livro que mais lhe chama atenção.

3. Leve a criança em ambientes propícios

Entre as formas de como incentivar a leitura, é importante frequentar as livrarias junto com seu filho, apresente as mais diversas seções, títulos e gêneros. Deixe-o manusear e escolher os exemplares que mais chamam sua atenção. Passeios culturais são extremamente vantajosos para despertar a curiosidade e o interesse das crianças.

4. Esteja presente

Para que todos os benefícios sejam realmente alcançáveis, é necessário que um adulto esteja presente para começar esse processo. A criança precisa ser ensinada a pensar, compreender e sentir, e os livros junto a sua participação serão fundamentais nesse novo caminho de autoconhecimento.

5. Relacione os livros ao “mundo real”

Conversar com a criança sobre o que elas compreenderam sobre o conteúdo e como esse se relaciona à sua realidade é uma prática muito proveitosa para promover uma reflexão mais profunda e para fazê-la ter o gosto por aprender coisas úteis com os livros.

Sobretudo entre as menores, para achar formas cativantes de como incentivar a leitura e contextualizar alguns tópicos, é possível experimentar realizar atividades complementares divertidas após a leitura. 

Por exemplo, se o livro escolhido foi sobre as aventuras dos três porquinhos, é bem provável que a criança tenha curiosidade em conhecer esse tipo de animalzinho pessoalmente. Ou se a leitura foi sobre viagem ao espaço, uma visita ao planetário pode ser enriquecedora e divertida. 

6. Leiam os livros, vejam os filmes

Hoje em dia, além dos clássicos contos de fadas, diversas outras obras literárias foram adaptadas para o cinema. Portanto, outro modo interessante de como incentivar a leitura é, após o contato com o livro, promover uma tarde ou noite de cinema em família para ver a versão cinematográfica da história.

Será um momento divertido em família e uma oportunidade de a criança compreender melhor a obra e de conseguir tangibilizar alguns conceitos mais complexos. É importante conversar sobre questões como o que é diferente na adaptação, o que ela havia imaginado diferente com o livro, etc.

Quais tipos de livros comprar para o seu filho?

Para encontrar as melhores formas de como incentivar a leitura, é importante também saber que cada criança possui um processo de desenvolvimento próprio. Algumas possuem mais facilidade de aprendizado em determinadas áreas. Algumas preferem trabalhar com temas reais outras com sua imaginação. Ainda que a criança não tenha essa percepção, ela já tem suas preferências.

Com isso, entre algumas dicas de conteúdo, listamos as indicações a seguir para que você tenha mais confiança e saiba como incentivar a leitura ainda nos primeiros anos de vida:

  • Dez meses a dois anos: gravuras simples e coloridas, com histórias curtas e rápidas. Livros com texturas, fantoches, feitos de pano ou plástico são boas indicações.
  • Dois a quatro anos: histórias fáceis e rápidas, com poucos personagens para facilitar a assimilação. Livros de histórias infantis, com músicas ou fantoches são boas alternativas.
  • De quatro a seis anos: as histórias devem estar associadas aos ambientes e temas já conhecidos pela criança.

Se você ainda não tinha pensado no quanto a leitura pode fazer a diferença na vida do seu filho, agora que você já conhece as principais vantagens, é a hora de introduzir esse novo hábito na rotina da criança.

Foi levando tudo isso em consideração que a Red Balloon desenvolveu o projeto Reading Rocks, onde incentivamos a leitura em todos os níveis. Os alunos recebem no ki de material um livro adequado à faixa etária, escolhido criteriosamente pelo time acadêmico. Esses livros são trabalhados em sala de aula e, ao final de cada planejamento, os alunos têm uma gincana para consolidar a leitura de forma divertida. 

Quer saber mais sobre a Red Balloon e conhecer nossa metodologia diferenciada de ensino de língua inglesa?

E então, gostou dessas ideias e como incentivar a leitura dentro de casa? Tem alguma prática que você já adota com seu filho? Deixe sua mensagem nos comentários e siga nossas publicações para saber mais sobre educação infantil e ensino de inglês!

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Siga nosso instagram!