Como desenvolver atividades para aproximar pais e filhos em casa?

>

19 de maio, 2021

Incluir na rotina algumas atividades para aproximar pais e filhos vai muito além de introduzir brincadeiras e jogos no dia a dia da família. Afinal, a partir delas é possível criar um vínculo de confiança, troca e aprendizado capaz de transformar por completo o desenvolvimento infantil e construir uma relação muito mais positiva entre o adulto e a criança. E, para mostrar como essas atividades podem ser trabalhadas em casa e explicar a importância de cada uma delas, a Red Balloon preparou um guia exclusivo sobre o assunto.

É importante destacar que apesar de toda importância por trás das atividades para aproximar pais e filhos e do impacto que elas podem causar para a família, vale lembrar que esses momentos também devem ser divertidos e leves, realizados com naturalidade, sem qualquer vestígio de obrigação ou pressão em cumprir as dinâmicas propostas. 

Portanto, agora, continue a leitura e veja também as melhores dinâmicas sugeridas por especialistas para você praticar com os pequenos.

Consequências das dificuldades do relacionamento familiar em casa

Proporcionar um relacionamento saudável entre pais e filhos, impacta positivamente no comportamento das crianças.

Um estudo realizado pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina evidenciou que o comportamento infantil é reflexo de como se dá o relacionamento parental em casa. Logo, quando os pais têm uma convivência conflituosa, a tendência é que os filhos comecem a apresentar atitudes tidas como rebeldes, resistência em realizar tarefas do dia a dia e demais consequências.

Assim, a construção de um ambiente amigável deve envolver todos os membros da família e não apenas o vínculo entre a mãe e a criança ou entre o pai e a criança. Ou seja, é muito importante que ambos tenham uma boa relação, compartilhem momentos amigáveis e, sobretudo, participem da rotina da garotada, acompanhando juntos o seu desenvolvimento.

Impacto do relacionamento com os pais no futuro da criança

Segundo a teoria de Freud, renomado psiquiatra e médico neurologista do século XIX, o grupo familiar causa marcas no modo de ser do indivíduo, que permanecem ali mesmo com a chegada da fase adulta. A psicanálise freudiana defende ainda que as ações dos pais e o relacionamento das crianças com a figura materna e paterna podem refletir no comportamento dos pequenos, nos seus gostos pessoais, nas relações afetivas e nas suas escolhas para o futuro.

Sabendo disso, é papel dos pais cultivar sentimentos positivos e encorajadores para os menores, como a motivação para estudar e o reconhecimento dos aprendizados e das conquistas. Do mesmo modo, é necessário incentivar os bons hábitos por meio do exemplo, da prática diária, da convivência harmoniosa e das atividades para aproximar pais e filhos que ensinaremos mais abaixo.

Importância das atividades para aproximar pais e filhos

Como mencionamos no início deste guia, as atividades para aproximar pais e filhos são essenciais para fortalecer o laço afetivo e impulsionar o desenvolvimento de habilidades cognitivas e sociais para a criança. Porém, elas são ainda mais importantes para tornar o relacionamento familiar mais leve e divertido, sem o peso das obrigações diárias.

Para a indivíduos na fase infantil, crescer com uma relação próxima aos pais, dentro de um ambiente tranquilo e com demonstrações de afeto e cuidado, contribui para a sua estabilidade psicológica e para a inteligência emocional — habilidade fundamental para se aprender a lidar com as frustrações, anseios e euforias desde a infância, adolescência e, especialmente, quando adulto.

Convivência diária com os filhos em casa

É verdade que a vida moderna e a agitação entre trabalho, escola e afazeres domésticos acabam por limitar o tempo disponível para descanso, lazer e interação, especialmente quando as crianças estão mais tempo em casa. Por esse motivo, muitas das atividades para aproximar pais e filhos acabam sendo deixadas de lado ou substituídas por passeios e programas com outras famílias e amigos.

Contudo, embora não exista problema em compartilhar desses momentos com outras pessoas fora do seu núcleo familiar, inclusive nos eventos e propostas pedagógicas promovidos pela escola dos pequenos, as experiências vividas em particular, no conforto do lar e entre pais e filhos, não podem ser esquecidas.

Benefícios das atividades que trabalham a aproximação entre pais e filhos

Até aqui falamos sobre a importância e os impactos de manter um relacionamento amigável e próximo. Mas, para ficar mais claro como as atividades para aproximar pais e filhos podem ser extremamente benéficas para todos os envolvidos, abaixo elencamos cinco ganhos que você irá observar implementando esse hábito no dia a dia com as crianças. Dá uma olhada:

1. Aumenta a confiança entre pais e filhos

Afinal, são nas situações mais íntimas que o laço afetivo é fortalecido e que a criança conhece e adquire maior confiança para dividir os sentimentos, as inseguranças e os desejos com seus pais. Essa confiança permite que os pequenos se sintam à vontade para contar sobre as dificuldades do dia e mais abertos ao diálogo sobre qualquer assunto.

2. Facilita a resolução de problemas

Como consequência do diálogo, a família também consegue chegar mais facilmente à solução dos problemas, desde os mais complexos — que podem envolver dificuldades na escola ou conflitos internos do pequeno — até os mais simples, como as discordâncias entre irmãos e insatisfações comuns da infância.

3. Evita o surgimento de situações conflituosas

As atividades para aproximar pais e filhos tendem a afastar as brigas e situações desgastantes em casa, visto que o relacionamento familiar se torna mais claro, honesto e objetivo. Esse é um dos benefícios mais interessantes e pode facilitar significativamente os desafios vividos em períodos de maior descoberta durante o final da infância e início da adolescência.

4. Cria um ambiente mais agradável

Uma casa com menos brigas, problemas resolvidos sem complicações e construída na base de confiança será sempre muito mais agradável e favorável para uma boa qualidade de vida. E, é dessa harmonia e tranquilidade que o desenvolvimento infantil precisa para acontecer de forma plena, aperfeiçoando as melhores habilidades da criança.

5. Relaxa e diverte os participantes

No meio de tantas tarefas e obrigações, ter um tempo livre de qualidade para aproveitar com os seus filhotes deve ser indispensável. Por isso, as atividades para aproximar pais e filhos devem ser escolhidas priorizando a diversão de todos e incluídas como uma hora de lazer para a família.

5 atividades para aproximar pais e filhos

Uma atividade para aproximar pais e filhos é a de contar histórias em família, propiciando um espaço para trabalhar juntos a imaginação.

E, por falar na escolha das atividades para aproximar pais e filhos, para aqueles que estiverem precisando de uma ajudinha na hora de encontrar brincadeiras e dinâmicas acessíveis para realizar em casa e com crianças de todas as idades, nós temos a solução! 

Então, confira a seguir uma lista com cinco atividades para divertir todos em casa:

1. Preparação de receitas

Nada de preparar uma refeição ultrassofisticada e cheia de etiquetas, pois aqui a única regra é deixar os filhotes se aventurarem pela cozinha. Assim, juntos, escolham um prato saboroso nunca feito antes em casa, reúnam os ingredientes e coloquem a mão na massa. Nesta atividade o papel dos adultos é supervisionar a segurança das crianças — e manusear facas e panelas quentes, por exemplo — guiando-as com leveza a cada instrução da receita.

Cozinhar com as crianças é uma das atividades para aproximar pais e filhos que trabalham as habilidades manuais, ao mesmo tempo, em que estabelecem uma relação de confiança, entendimento e paciência entre os adultos e as crianças. Então, vale lembrar mais uma vez que o intuito da dinâmica não é preparar um prato perfeito ou terminá-lo com um grande aprendizado, mas sim aproveitar o contato e a comunicação com o menor.

2. Hora da história

Todo mundo tem histórias para contar, sejam elas verídicas ou fruto da imaginação. E, que tal fazer uma tarde de historinhas, com todos da casa participando? A brincadeira pode ser feita de forma livre — com cada um contando seu próprio enredo sobre qualquer assunto — ou temática e em grupo, na qual cada familiar contribui com um personagem, um cenário ou uma situação, criando assim uma história própria de vocês.

Essa atividade para aproximar pais e filhos auxilia os adultos a conhecerem e entenderem melhor o que passa na mente dos pequenos, além de ser uma excelente forma de expressar sentimentos que talvez não tenham encontrado um caminho objetivo para serem contados diretamente.

3. Jogos dos sete erros

Diferente do jogo dos sete erros tradicional, esse deve ser jogado com objetos da casa. Assim, peça para a criança observar bem um cômodo da residência, como a sala ou a cozinha e, em seguida, sem ela ver, mude sete itens de lugar e desafie o menor a descobrir quais são eles. Para essa brincadeira é importante que na primeira observação feita pelo pequeno todos os artigos estejam organizados em seu lugar de costume, ok?

Aqui, ainda que pareça uma dinâmica muito simples, é uma daquelas atividades para aproximar pais e filhos que explora também a familiaridade com o espaço ao qual os pequenos estão inseridos diariamente. Isso, pois conhecer o seu lar e entender como a organização das coisas influenciam na rotina de todos é essencial para que a criança também contribua para a ordem e funcionamento da casa.

4. Desenho sem fio

Para brincar de desenho sem fio, apoie uma folha nas costas da criança e, com uma caneta, faça imagens e movimentos que o pequeno possa sentir. A partir dessas sensações o seu filhote deverá reproduzir o seu desenho, sem vê-lo, apenas sentindo os passos da caneta nas suas costas. A brincadeira é animada, engraçada e estimula a percepção sensorial por meio do toque.

Essa atividade para aproximar pais e filhos de todas as idades é uma adaptação do clássico telefone sem fio, que embora muito divertido, mostra como a percepção sobre algo pode ser diferente para cada pessoa de acordo com o seu ponto de vista e com as informações obtidas.

5. Livros para colorir

Os livros para colorir ajudam a despertar a criatividade infantil, reduzir sintomas de ansiedade e distrair a imaginação quanto às tarefas do dia a dia. Caso não tenha nenhum desses livros em casa, vale imprimir alguns modelos disponíveis na internet ou, quem sabe, se arriscar a desenhar algumas figuras e personagens com a ajuda da garotada.

Essa habilidade, que é extremamente manual, é importante para se desconectar do mundo virtual e das telas — que já fazem parte da rotina tanto dos adultos quanto dos pequenos — por isso é fundamental que seja realizada diretamente no papel, sem adaptações para aplicativos ou ferramentas semelhantes.

Viu só quantas atividades para aproximar pais e filhos você pode desenvolver no conforto da sua casa e curtir um tempo de qualidade ao lado de quem realmente importa? E, agora que você já sabe a importância de viver esses momentos com os seus filhotes, não deixe de incluir tais práticas na rotina da sua família, combinado?

Ah, e conte também com a Red Balloon para oferecer as melhores metodologias, brincadeiras e programas para o desenvolvimento e o aprendizado da língua inglesa para crianças e adolescentes dos 3 aos 17 anos.

Clique aqui e garanta a matrícula do seu filho agora mesmo na unidade mais próxima!

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Siga nosso instagram!