Aprender brincando: descubra como isso é possível

>

Não existem dúvidas de que a melhor parte da infância é usar a inocência e a imaginação para transformar tudo em diversão. Porém, como fazer para que a criançada possa aprender brincando sem tornar os momentos de alegria em algo cansativo? Será que isso é mesmo possível? 

A Red Balloon, que tem as brincadeiras como parte de seu processo de ensino, buscou essas respostas e preparou um guia para lhe mostrar a importância das brincadeiras na primeira fase da vida. Além disso, listamos uma série de ideias e atividades lúdicas para você fazer em casa e o seu filhote aprender e brincar ao mesmo tempo.

As crianças estão 24 horas por dia adquirindo conhecimento sobre algo novo do mundo de maneira geral. Você já pensou como seria interessante se, em um simples joguinho de tabuleiro, por exemplo, os pequenos pudessem estudar o alfabeto, saber mais sobre os números ou até mesmo desenvolver a coordenação motora, o raciocínio e a agilidade? Pois saiba que aprender brincando é uma realidade e lhe mostraremos como fazer isso no decorrer deste manual. Então, continue a leitura e não perca nenhum detalhe.

Sim, é possível aprender e brincar ao mesmo tempo

Apesar das atividades de entretenimento e lazer serem tidas, muitas das vezes, apenas como folia e bagunça, esses são os momentos ideais para ensinar algo novo para os menores. 

Isso porque a brincadeira é a primeira forma que a criança encontra de se relacionar com as pessoas e as coisas à sua volta. Logo, essa maneira divertida de descobrir e explorar como o mundo funciona é extremamente propícia para se aprender brincando.

É importante frisar que esse aprendizado é espontâneo, ou seja, acontecerá de forma natural, mesmo que a criança não receba nenhum estímulo externo. Entretanto, quando os pais e responsáveis se envolvem nas atividades, os conhecimentos adquiridos podem ser ainda maiores e melhores.

Além disso, aprender brincando é um recurso aliado à construção da personalidade e autonomia infantil, uma vez que diversos passatempos provocam diferentes sensações e criam situações inusitadas ao imaginário do indivíduo durante a infância, fazendo-o refletir e agir sob determinadas circunstâncias diferentes da sua realidade.

Atividades lúdicas x desenvolvimento das habilidades

E já que citamos a construção da personalidade e autonomia, vale falar também que aprender brincando é um caminho excelente para fazer o seu filhote desenvolver habilidades que serão essenciais para ele no futuro. 

Para você entender do que estamos falando, listamos as principais competências que podem ser trabalhadas durante as atividades lúdicas:

Coordenação motora

Praticamente tudo no nosso dia a dia exige muita coordenação motora, indo desde as tarefas mais simples — como escrever e desenhar — até as mais complexas, que inclui dirigir. 

O simples o ato de jogar bolinhas de gude, por exemplo, pode ajudar os pequenos a obter destreza nas duas mãos, adquirir noção de espaço e ainda ganhar domínio sobre sua força nos braços e nos dedinhos.

Agilidade de raciocínio

Dá para aprender brincando de detetive, esconde-esconde, caça ao tesouro e muitos outros jogos. Esses tipos de gincanas estimulam o raciocínio, fazendo com que a criança pense rapidamente sobre as possíveis soluções para a partida e tenha agilidade na hora de testar sua teoria — como no momento de procurar pelo coleguinha em um possível esconderijo, por exemplo. O resultado? Um adulto com mais proatividade e capacidade de liderança.

Capacidade de memorização

Jogo da memória com personagens é, com certeza, o game de memorização mais famoso. E você sabia que é possível fazer o seu filho aprender brincando através deste passatempo se utilizar letras do alfabeto de um dos lados e figuras com a mesma inicial do outro? Isso mesmo. 

Vale experimentar também o jogo da memória com pequenas somas numéricas e seus respectivos resultados e assim por diante. Afinal, essa é uma forma leve e divertida de promover o contato inicial com a linguagem e com a matemática.

Autocontrole e equilíbrio

Quem nunca se empolgou com as cantigas de pular corda ou amarelinha? Saiba que elas também são uma alternativa para aprender brincando e desenvolver novas habilidades, como equilíbrio e autocontrole. Além de, é claro, fortalecerem os músculos do corpo, consumir energia e também dar um baita empurrãozinho no desenvolvimento da coordenação motora.

Criatividade e lógica

Até mesmo as brincadeiras mais básicas — como bonecas, carrinhos e escolinha — são extremamente educativas. Embora muita gente acredite que esse tipo de passatempo é apenas uma repetição do que os pequenos enxergam no comportamento dos adultos, a lógica está a todo vapor para fazer a criançada lembrar que o bebê chora quando quer dormir, que no sinal fica vermelho os carros param, que a professora escreve na lousa e os alunos copiam etc.

A importância das brincadeiras na rotina infantil

O entretenimento faz parte da rotina dos bebês desde os primeiros meses de vida, pois, como já mencionamos, aprender brincando é o primeiro modo que a criança encontra para descobrir o mundo. Porém, não é apenas para interagir e entreter que os passatempos e as atividades lúdicas servem no dia a dia da infância.

Aprender e brincar cumprem um papel fundamental no desenvolvimento mental, físico, emocional e social dos menores. Por isso, estabelecer uma rotina e contar com a supervisão de um adulto é decisivo para que a garotada possa desfrutar de uma infância saudável. Assim, o esperado é que as brincadeiras sempre envolvam características como: socialização, autoconhecimento, incentivo a pesquisa e valorização do respeito.

A influência da rotina para uma infância divertida e saudável

Assim como os adultos, as crianças gostam de saber o que vai acontecer no seu dia e ter o sentimento de controle sobre a situação — ainda que na prática ela não tenha autonomia e nem segurança suficientes para tomar suas próprias decisões sozinha. Assim, pedagogos garantem que ter uma rotina estabelecida ajuda a manter os menores tranquilos e menos agitados.

Partindo disso, criar uma agenda também para a criança aprender brincando facilita esse processo e torna as estratégias educativas muito mais fáceis de serem colocadas em prática, já que com essa tática você pode até mesmo desvencilhar aquela velha história de que estudar é tedioso e chato — afinal, qual criança não adoraria passar horas brincando com a família e aprendendo sem nem perceber? Nenhuma!

Brincar e aprender na educação infantil

Independentemente da idade, estudar requer concentração, uma tarefa difícil para os menores durante a educação básica. É por esse motivo que as atividades lúdicas fazem parte das melhores instituições de ensino — como a Red Balloon, que adota as mais variadas brincadeiras para ensinar inglês.

Segundo Lev Vygotsky, psicólogo russo e pioneiro no estudo do desenvolvimento intelectual infantil, o aprender brincando deve ser utilizado dentro das estratégias pedagógicas para desafiar o avanço cognitivo dos pequenos e fazê-los pensar em uma realidade fora da qual estão inseridos, de acordo com a sua idade mental.

Portanto, brincar e aprender na educação infantil vai além de permitir que a garotada passe horas na recreação: significa introduzir métodos e estratégias que prendam a atenção para determinados assuntos.

3 atividades lúdicas para aprender brincando

Na escola, os educadores e pedagogos utilizam metodologias específicas para que cada turma possa aprender brincando, seguindo sempre um ritmo esperado para a idade dos pequenos. E saiba que você também pode aprender e brincar com seus filhos em casa usando técnicas mais simples, mas igualmente eficazes.

Nós já falamos ao longo deste guia algumas brincadeiras que estimulam determinadas habilidades e até facilitam a introdução a disciplinas da educação básica, como português e matemática. Mas, para deixar esse material mais completo, separamos outras três atividades lúdicas para os pais fazerem dentro do lar com os pequenos e trabalharem a inteligência emocional, o raciocínio lógico e a coordenação motora. Olha só:

Desenho das emoções

O seu filho conhece as emoções que sente? Uma forma de aprender brincando e explorar esse assunto é colocando no papel como o menor interpreta as sensações que determinadas situações podem provocar.

Peça-o, por exemplo, para desenhar uma expressão facial que o representa quando sente alegria e outra para medo. Analise como ele se comporta em relação a cada uma e explique sobre a importância de respeitar e superar todos os sentimentos vivenciados ao longo da vida, sejam eles bons ou ruins.

Batalha naval

Se é para aprender brincando, faça com bastante diversão, mas não se esqueça de uma dose de dificuldade para colocar a garotada para pensar. Batalha naval é um jogo de estratégia recomendado para as crianças um pouco maiores, que já estejam na segunda infância — entre 6 e 9 anos — e cumprem bem a missão de desafiar o raciocínio.

Tradicionalmente, batalha naval é um game de tabuleiro, mas já existem versões dele para computador, smartphones e tablets. O importante é que o nível do jogo seja condizente ao estágio de desenvolvimento do seu filho, proporcionando um grau de desafio que o mesmo seja capaz de enfrentar e solucionar — ainda que com um pouquinho de esforço.

Tapete colorido

O tapete colorido consiste em um joguinho no qual a criança precisa acomodar pés e mãos em diferentes círculos coloridos existentes no tapete, de acordo com as ordens da roleta. Ou seja, é o passatempo ideal para fazer o seu filho pensar e treinar a coordenação motora enquanto aprende brincando.
Uma observação interessante é que você pode confeccionar o tapete em casa mesmo e com o auxílio dos pequenos. Basta providenciar um tecido branco grande o bastante para desenhar e pintar 24 círculos coloridos, e a partir daí, é só soltar a criatividade e a imaginação dos seus filhotes para decorar e brincar no tapetinho o quanto quiserem.

3 brincadeiras para aprender inglês

Uma coisa garantimos: aprender brincando é divertido para a família inteira. Afinal, as atividades lúdicas podem ser encaixadas em qualquer área do conhecimento e são formas efetivas dos pais e responsáveis participarem da rotina escolar da criança.

E é claro que não deixaríamos de trazer também algumas ideias e inspirações de brincadeiras para aprender inglês, não é mesmo? Então, confira abaixo três sugestões especiais e animadas que você e seu filhote irão amar fazer juntinhos para se divertirem enquanto treinam um novo idioma:

Jogos online

A internet é uma grande aliada de quem deseja encontrar brincadeiras para aprender inglês. Uma ideia bem simples, mas muito eficiente, é alterar o idioma dos jogos online preferidos do seu filho. Assim, como ele já conhece a dinâmica do game, fica muito mais fácil identificar o significado das palavras em inglês e expandir o vocabulário estrangeiro.

Ah, e os apps de idioma também possuem metodologias muito modernas e interessantes para se aprender brincando, pois existem opções que funcionam como se fossem realmente um passatempo interativo em que o jogador acumula pontos a cada módulo do idioma que for estudado. Vale a pena testar!

Palavras cruzadas

As palavrinhas cruzadas são excelentes para estimular o raciocínio, a agilidade e a lógica. Se jogadas em uma versão em inglês, podem acumular ainda mais benefícios para a criançada. Além disso, essa é uma forma de aprender brincando à moda antiga — geralmente em quadrinhos e revistinhas infantis —, mas que também se reinventou e agora é possível encontrar no mundo digital.

Hora de cantar

As crianças costumam ter um gosto especial por cantar e se divertir com musiquinhas temáticas. E que tal adotar um karaokê internacional nas suas brincadeiras para aprender inglês? Existem muitas versões das músicas infantis em português também na língua inglesa e que com certeza o seu filhote irá adorar conhecê-las com um microfone em mãos.

Viu só quanta coisa divertida você pode fazer para o seu pequeno aprender brincando? São essas atividades lúdicas que auxiliam no desenvolvimento cognitivo, emocional e social de forma saudável durante a educação infantil. E é claro que com a ajuda e a orientação da família, a criançada consegue expandir muito mais as habilidades estimuladas pela recreação, além de construir memórias incríveis da infância. Então, coloque os joguinhos em prática hoje mesmo e curta com seu filhote enquanto ele amplia os conhecimentos! 

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Siga nosso instagram!